app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Economia

Semin�rio explicar� funcionamento do SPB

O novo Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB) será implantado no dia 22 de abril pelo  Banco Central, que vai alterar os  sistemas, os processos e os negócios nas empresas e instituições financeiras. Para facilitar a  transição para este novo sistema, a GA

Por | Edição do dia 24/03/2002 - Matéria atualizada em 24/03/2002 às 00h00

O novo Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB) será implantado no dia 22 de abril pelo  Banco Central, que vai alterar os  sistemas, os processos e os negócios nas empresas e instituições financeiras. Para facilitar a  transição para este novo sistema, a GAZETA EVENTOS irá promover o seminário “Sua empresa e o novo sistema de pagamento brasileiro”, no dia 9 de abril, no Hotel Meliá. O evento tem por objetivo oferecer a profissionais e universitários da área de administração e contabilidade, bem como a empresários em geral, uma visão geral e fundamentação conceitual dos aspectos do novo sistema, mostrando também a importância do setor financeiro no novo ambiente produzido pelo SPB, além de dispor ferramentas para implantação do sistema nas empresas. Sistema O novo Sistema de Pagamento Brasileiro é um conjunto de regras e instrumentos que tem o objetivo de reduzir os riscos de pessoas, empresas e governos em assumir prejuízos de eventuais problemas financeiros de um banco. O chefe de Operações do Banco Central, Luis Gustavo da Matta, disse que a instituição investiu R$ 17 milhões apenas para adaptar a área de informática às novas regras do Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB), mas espera retorno desse investimento em um ano como resultado da redução de custos permitida pelo novo sistema. Uma equipe montada pelo Banco Central (Bacen) foi responsável pela elaboração do novo SPB, com base em sistemas similares implantados em outros países e da análise do Sistema Financeiro Nacional. O SPB já funciona desde junho de 2001 em fase de testes, que pretende trazer benefícios como maior agilidade e segurança nas transações bancárias e o surgimento de novos produtos bancários; além de igualar o Brasil a países com os melhores sistemas financeiros internacionais. O seminário vai contar também com a participação de representantes do Banco Central. Pedro Rafael Lapa, gerente administrativo regional do Bacen e Luciano de Andrade Frois, integrante do grupo de desenvolvimento do projeto do novo sistema de pagamentos, que fez várias visitas técnicas internacionais para avaliar os modelos implantados em outros países. O seminário terá também a participação de Radjalma Costa, chefe da Divisão de Reservas Bancárias do Bacen, que exerce o papel de porta-voz do SPB e foi integrante do grupo encarregado de desenvolver o projeto no novo sistema de pagamentos. Serviço Para inscrições e maiores informações: 218-5470.

Mais matérias
desta edição