app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Economia

P�nico faz peso despencar

Buenos Aires - Nenhum argentino quer ficar com pesos no bolso. O  resultado foi um dia de pânico ainda maior que o de sexta-feira no mercado de câmbio. O dólar demonstrou estar totalmente fora do controle do governo argentino e saltou 25,8%, vendido a 3,9

Por | Edição do dia 26/03/2002 - Matéria atualizada em 26/03/2002 às 00h00

Buenos Aires - Nenhum argentino quer ficar com pesos no bolso. O  resultado foi um dia de pânico ainda maior que o de sexta-feira no mercado de câmbio. O dólar demonstrou estar totalmente fora do controle do governo argentino e saltou 25,8%, vendido a 3,90 pesos no fechamento. O mercado não tomou conhecimento das mudanças decididas pelo Banco Central no fim de semana -como a redução drástica dos prazos para os exportadores liquidarem seus contratos. Desde o fim da conversibilidade -que atrelou o valor do peso ao dólar por mais de uma década- no início de janeiro, o peso já perdeu 74% de seu valor diante da moeda norte-americana. O dólar chegou a ser vendido a 4 pesos no fim da tarde. Em uma semana, o dólar acumula alta de 59%. Milhares de pessoas esperaram mais de quatro horas em filas nas portas de bancos e casas de câmbio para trocarem seus pesos por dólares. O maior temor dos argentinos é o repasse da alta do dólar para os preços, ou seja, a perda do poder de compra da moeda do país.

Mais matérias
desta edição