app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Economia

Diesel aumentar� para R$ 1,01 no s�bado

A Petrobras começará a cobrar mais caro das distribuidoras pelo óleo diesel a partir da zero desta quinta-feira e os postos de combustível deverão repassar o aumento até o próximo sábado. O aumento anunciado para as refinarias foi de 8,25%. A partir de h

Por | Edição do dia 28/03/2002 - Matéria atualizada em 28/03/2002 às 00h00

A Petrobras começará a cobrar mais caro das distribuidoras pelo óleo diesel a partir da zero desta quinta-feira e os postos de combustível deverão repassar o aumento até o próximo sábado. O aumento anunciado para as refinarias foi de 8,25%. A partir de hoje, os postos começam a receber o produto já com reajuste. O diesel, cujo preço médio em Alagoas é de R$ 0,93 deve subir para R$ 1,01, segundo estimativa do presidente do Sindicombustíveis (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo), Mário Jorge Uchoa. Os postos de Alagoas, acredita Uchoa, devem repassar um reajuste de aproximadamente 8,5% para o consumidor – um pouco acima do valor estimado pela Petrobras, que previu um reajuste, na bomba, entre 6,5% e 7%. “A partir do próximo sábado os postos devem começar a praticar os novos preços”, adianta Uchoa. No entanto, ele ressalta que os preços são livres, o que não impede que alguns postos antecipem ou retardem o aumento. Gasolina Até segunda-feira, a Secretaria da Fazenda deve publicar o novo valor de cálculo da gasolina no programa de substituição tributária para cobrança do ICMS. Atualmente, o valor de referência é de R$ 1,59, o que gera um imposto de cerca de R$ 0,40. Se o valor de referência se mantiver em R$ 1,59 ou “não subir muito”, segundo o Sindicombustíveis, o preço da gasolina não terá reajuste, devendo permanecer na média de R$ 1,69 por litro. Mas, segundo Mário Jorge Uchoa, se o valor de referência, que é estabelecido através de pesquisa pela Secretaria da Fazenda, “aumentar muito”- ele não especificou quanto - o combustível poderá ter um novo reajuste.

Mais matérias
desta edição