app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

PRESENTES PARA DIA DAS MÃES ESTÃO 27% MAIS CAROS ESTE ANO

A data, a ser celebrada no domingo (9), só perde em volume de vendas no comércio para os festejos de Natal

Por Jamylle Bezerra com Assessoria | Edição do dia 04/05/2021 - Matéria atualizada em 03/05/2021 às 21h34

Uma pesquisa de preços realizada pelo Procon Maceió para o Dia das Mães constatou que, neste ano, o valor dos serviços está, em média, 40% mais barato do na mesma data em 2020. Já os preços dos produtos tiveram um aumento médio de 27%. A data, celebrada no domingo (9), só perde em volume de vendas no comércio para o Natal. Os itens pesquisados fazem parte dos produtos que são preferência para os filhos presentearem as mães, e incluem itens como roupas e acessórios, eletroeletrônicos, cosméticos e serviços ofertados por floriculturas, salões de beleza e restaurantes. Foram visitados nove estabelecimentos comerciais localizados no Centro da Capital e três floriculturas, dois salões de beleza e sete restaurantes em diversos bairros. As roupas, por exemplo, saem entre R$ 9,90 a R$ 159,90. Já os sapatos, os consumidores encontram entre R$ 49,90 a 219. Com relação aos eletrônicos, o smartphone mais em conta custa R$ 599,99. Secador, por exemplo, custa59,90 até R$ 5854,89, sendo um profissional. As maquiagens também aparecem na pesquisa. Um batom matte ou cremoso está saindo por R$ 19,90. Com relação ao rímel, que também aparece na pesquisa, diversos preços, R$ 26,90 a R$ 178. Os serviços, como corte, escova, hidratação, unha mão e pé também aparecem como os queridinhos, de R$ 15 a R$ 180 . “O consumidor deve sempre realizar pesquisas de preços dos produtos antes de finalizar a compra, para obter mais economia e evitar gastos excessivos que possam comprometer sua renda mensal”, afirma Leandro Almeida, diretor-executivo do Procon Maceió. Ele ressalta que, em virtude da pandemia de Covid-19, houve um aumento nas compras pela internet. “Assim, independente de qualquer coisa, podem exercer o arrependimento da compra em até sete dias, após o recebimento do produto”, explica. Leandro enfatiza que é necessário solicitar a nota fiscal na hora da compra. “É importante que os consumidores também verifiquem a política de troca de produtos da loja. E se houver alguma prática abusiva ou dúvidas em relação aos seus direitos, o consumidor pode e deve entrar em contato com o Procon Maceió”, diz.

Mais matérias
desta edição