app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

PROCON AUTUA SEIS AGÊNCIAS BANCÁRIAS POR INCONFORMIDADES

.

Por Izabelle Freitas | Edição do dia 11/06/2021 - Matéria atualizada em 10/06/2021 às 21h37

O Procon Maceió seis agências bancárias de Maceió durante fiscalização batizada de “Fila de Banco”. O objetivo foi apurar diversas denúncias feitas pelos consumidores, principalmente casos de inconformidades no atendimento. Entre as reclamações, foram constatadas a má prestação de serviços, tempo para iniciar atendimento acima do permitido e a fila de consumidores aguardando atendimento fora da agência. “O nosso objetivo é monitorar, fiscalizar e apurar essas denúncias, principalmente a demora no atendimento. Essa operação é um meio de garantir aos cidadãos um atendimento presencial mais humanizado. Por isso, em casos de inconformidades no atendimento, é essencial que os consumidores formalizem as denúncias para que sejam tomadas todas as medidas necessárias”, afirma Leandro Almeida, diretor executivo do Procon Maceió.

De acordo com a Lei Municipal nº 5.516 de 2006, o tempo máximo de espera na fila do banco é de até 20 minutos. Em vésperas ou pós-feriados prolongados, dias de pagamentos dos funcionários públicos, vencimentos de contas de concessionárias de serviços públicos e de recebimento de tributos municipais, estaduais e federais, o tempo pode chegar até 30 minutos.

Na primeira semana deste mês, a “operação fila de banco foi realizada no Centro de Maceió - Foto: Procon Maceió A lei também determina, que é dever de cada instituição bancária fornecer senhas com data e hora aos usuários no ato da espera do atendimento. O consumidor que identificar ou suspeitar de irregularidade, pode acionar o órgão por meio dos telefones: 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 98882-8326.

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição