app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Economia

Alagoano deixa declara��o do IR para �ltima hora

EDIVALDO JUNIOR A história, parece, se repetirá mais uma vez. O contribuinte está deixando para fazer a declaração do Imposto de Renda na última hora, correndo o risco de enfrentar filas ou congestionamento na Internet. Os números divulgados pela Recei

Por | Edição do dia 14/04/2002 - Matéria atualizada em 14/04/2002 às 00h00

EDIVALDO JUNIOR A história, parece, se repetirá mais uma vez. O contribuinte está deixando para fazer a declaração do Imposto de Renda na última hora, correndo o risco de enfrentar filas ou congestionamento na Internet. Os números divulgados pela Receita Federal mostram que até agora menos 40% dos contribuintes (4,7 milhões de um total esperado de 13 milhões) fizeram a declaração do IR 2002, desde o dia 10 de março, quando o programa do IR foi disponibilizado, até sexta-feira, 12. A maioria absoluta, 95%, está declarando pela Internet. O contribuinte alagoano segue o mesmo comportamento do resto do país. Até agora, apenas 29.415 pessoas apresentaram declaração no Estado, o que representa cerca de 33% do total de declarações realizadas no ano passado (88,1 mil) e cerca de 30% das 90 mil de declarações que a Receita espera que sejam feitas no Estado. Assim como no restante do país, o alagoano está dando preferência a Internet na hora de declarar. Segundo o assessor do Gabinete da Delegacia da Receita Federal, Edmundo Tojal Donato Júnior, apenas 34 declarações, até o momento, foram feitas pelo telefone. Das declarações apuradas em Alagoas, 28.458 foram feitas pelo Receitanet (28.458) e 923 pela opção On Line. Nos dois casos, o meio utilizado é a Internet, que passa a representar, assim quase 100% da preferência do contribuinte alagoano. Além das declarações por telefone e pela Internet, segundo Edmundo Donato, o contribuinte pode utilizar o formulário de papel que deve ser entregue nos Correios, com custo de postagem de R$ 2,50 ou os disquetes, que poderão ser entregues no Banco do Brasil ou Caixa Econômica. A declaração do IR 2002 termina no dia 30 de abril e não haverá prorrogação. O assessor da DRF recomenda que o contribuinte procure antecipar a declaração, evitando os tradicionais transtornos de última hora.

Mais matérias
desta edição