app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia Pagamento será feito em 31 de março, segundo a Receita

IR: 117 MIL ALAGOANOS AINDA NÃO ENTREGARAM DECLARAÇÃO À RECEITA

De acordo com o órgão federal, o número representa 38,57% do total esperado para o Estado este ano, que é de 303.511 documentos

Por Hebert Borges | Edição do dia 21/05/2022 - Matéria atualizada em 20/05/2022 às 18h07

Mais de 117 mil contribuintes em Alagoas ainda não prestaram contas com o Fisco, de acordo com balanço da Receita Federal em Alagoas atualizado até as 23h59 da última quinta-feira (19). O número representa 38,57% do total esperado para o Estado, que é de 303.511 declarações. Já foram entregues em Alagoas 186.433 declarações, 61,43% do esperado. O prazo se encerra às 23h59 do próxima terça-feira (31). Em todo o País já foram entregues 24 milhões de declarações, o que representa 70% do total esperado, que é de 34,1 milhões. O IRPF 2022 é referente ao ano-calendário de 2021. Quem tem IR a pagar pode parcelar em até oito vezes. Para valores de R$ 10 a R$ 100, o contribuinte deve pagar em cota única. O contribuinte também deve ficar atento às datas de vencimentos dos Darfs. O pagamento da restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) é efetuado exclusivamente mediante crédito em conta corrente bancária ou poupança de titularidade do beneficiário (a conta precisa estar no nome do declarante), informada na Declaração de Imposto de Renda, admitidas as exceções no caso de contribuinte falecido, menor de idade, incapaz ou com saída definitiva do País. O contribuinte que, embora desobrigado da entrega da declaração, desejar obter a restituição do imposto de renda retido na fonte durante o ano-calendário, deverá fazê-lo por meio da entrega da declaração. Quem atrasa o pagamento do imposto devido está sujeito à multa de 0,33% por dia, limitada a 20% sobre o valor da parcela. Os especialistas alertam de que, se deixar para o dia 31, é preciso saber dos prazos de seu banco para conseguir pagar o imposto na data correta. Outra dica é o pagamento do Darf por meio de Pix, uma das novidades da Receita Federal para o Imposto de Renda deste ano. Neste caso, o documento de arrecadação será emitido pelo programa com QR code para a quitação dos valores. Precisam declarar Imposto de Renda os trabalhadores, aposentados e servidores públicos que receberam rendimentos tributáveis de mais de R$ 28.559,70 no ano de 2021; quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil em 2021, o que inclui o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e o seguro-desemprego, por exemplo; quem tinha, em 31/12/2021, bens e direitos de mais de R$ 300 mil; contribuinte que realizou alguma operação na Bolsa de Valores em 2021; quem passou a morar no Brasil e aqui estava em 31/12/2021; o contribuinte que optou pela isenção do IR sobre o ganho de capital (lucro) na venda de imóvel residencial cujo valor foi aplicado na compra de outro imóvel no país, no prazo de até 180 dias da venda e quem teve receita bruta com atividade rural de mais de R$ 142.798,50 ou quer compensar as perdas nesta área.

Mais matérias
desta edição