app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Economia

521 passageiros vindos de Portugal chegam a maceió

.

Por Da Redação | Edição do dia 28/12/2022 - Matéria atualizada em 28/12/2022 às 08h29

Dois voos fretados vindos de Portugal com 521 passageiros aterrissaram no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares entre esta segunda-feira (26) e ontem. No primeiro deles, um Airbus A340-313 da Hy-Fly, chegou a Alagoas saindo de Lisboa com a lotação máxima, trazendo 254 passageiros. Nesta terça-feira (27), um novo voo de Portugal chegou ao estado com 267 passageiros, segundo informações da Aena, que administra o aeroporto alagoano. O avião, um A340-300, também da Hy-Fly, partiu de Porto com destino a Alagoas. Esses dois voos foram os únicos fretamentos este ano. A previsão é de que haja novos fretamentos na Páscoa. De acordo com a secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Caroline Balbino, a retomada dos voos charter que ligam Alagoas ao continente europeu é resultado de um trabalho do Governo do estado em parceria com o trade turístico alagoano. “Essa é uma operação de retomada dos voos fretados para Alagoas, e estamos muito felizes com mais essa conquista, fruto de um trabalho intenso de promoção do Destino, que envolve todas as regiões turísticas e o trade alagoano”, destaca a secretária. Além de fortalecer a relação com o continente europeu, através das companhias aéreas, e ampliar o número de visitantes de Portugal em Alagoas, o Destino Alagoas já havia inaugurado, em agosto deste ano, o maior empreendimento hoteleiro da história, com a abertura do resort português Vila Galé Alagoas, na praia de Carro Quebrado. Presente no primeiro voo da Hy-Fly para o estado na temporada, o proprietário do Vila Galé, o empresário português Jorge Rebelo, destacou que o voo irá expandir ainda mais os números do estado e do empreendimento. “Alagoas é um estado com um potencial gigante, e precisa investir cada vez mais no turismo internacional. Esse voo chega com 100% de ocupação e mostra o interesse que os portugueses tem no estado. Estamos muito satisfeitos com esses números”, disse Rebelo.

Mais matérias
desta edição