app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Economia

Sistema energ�tico ter� linhas ampliadas

RENÉE PEREIRA (AE) O sistema brasileiro de transmissão de energia elétrica cresceu 22.590 quilômetros nos últimos 14 anos – uma média de 1.613 km por ano. Até 2006, outros 3.425 km reforçarão a rede nacional, de cerca de 80 mil km, segundo a Agência Naci

Por | Edição do dia 23/01/2005 - Matéria atualizada em 23/01/2005 às 00h00

RENÉE PEREIRA (AE) O sistema brasileiro de transmissão de energia elétrica cresceu 22.590 quilômetros nos últimos 14 anos – uma média de 1.613 km por ano. Até 2006, outros 3.425 km reforçarão a rede nacional, de cerca de 80 mil km, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Mas, apesar de um sistema mais robusto, a rede básica nacional ainda precisa de muito mais. As obras concluídas nos últimos anos apenas recuperaram a carência de investimento do passado. “Temos um sistema complexo por causa da extensão territorial. Evoluímos bastante nos últimos anos. Mas, com o bom desempenho da economia brasileira, não podemos parar de investir”, salientou o coordenador do sistema de transmissão de energia elétrica da Associação Brasileira da Infra-Estrutura e Indústrias de Base (Abdib), Edson Carneiro. Além dos dois leilões do ano passado, a Aneel vai realizar mais uma importante licitação neste ano, reforçando áreas estratégicas para o País. Entre os trechos mais atraentes, segundo a iniciativa privada, está a Interligação Norte-Sul III, com 1.558 km de extensão, do Pará ao Estado de Minas Gerais. Essa linha ampliará a capacidade de transmissão entre as regiões, especialmente depois da conclusão da ampliação da Usina de Tucuruí.

Mais matérias
desta edição