app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Economia

N�mero de empregos caiu 27% em Alagoas

PATRYCIA MONTEIRO Nesse domingo, a GAZETA mostrou o desempenho da geração de empregos em Alagoas no ano passado. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), houve redução no número de

Por | Edição do dia 26/01/2005 - Matéria atualizada em 26/01/2005 às 00h00

PATRYCIA MONTEIRO Nesse domingo, a GAZETA mostrou o desempenho da geração de empregos em Alagoas no ano passado. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), houve redução no número de postos de trabalho formais no Estado – uma queda de 27% ao comparar o desempenho de 2004 com o de 2003. Ano passado, 99.851 admissões foram feitas em Alagoas contra 90.169 demissões. Ou seja, no saldo geral, 9.682 empregos foram gerados. Em 2003 foram 13.290 postos de trabalho o melhor desempenho dos últimos cinco anos (ver tabela). Ao longo de 2004, percebe-se que nos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e dezembro o saldo de geração de empregos ficou negativo no Estado (ver tabela). Esse fenômeno cíclico de contratações se repete a cada ano e está relacionado à sazonalidade de contratações do período de safra do setor sucroalcooleiro que vai de setembro a março de cada ano. Outro fator é a alta temporada que aquece os negócios do segmento turístico que envolve serviços como hotelaria, agências de viagens, restaurantes, bares e lazer em geral. Esses setores fazem contratações temporárias e depois se retraem até a volta do período de novas contratações.

Mais matérias
desta edição