app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Economia

Mais de 60 mil j� declararam o IR em Alagoas

EDIVALDO JUNIOR Faltando apenas três dias para o fim do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2002 (ano base 2001), pelo menos 38% dos contribuintes alagoanos ainda terão que preencher os formulários do IR e enviá-los à Receita

Por | Edição do dia 28/04/2002 - Matéria atualizada em 28/04/2002 às 00h00

EDIVALDO JUNIOR Faltando apenas três dias para o fim do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2002 (ano base 2001), pelo menos 38% dos contribuintes alagoanos ainda terão que preencher os formulários do IR e enviá-los à Receita Federal. Até sexta-feira cerca de 62 mil contribuintes já tinham entregue a declaração no Estado, segundo levantamento realizado pela supervisora do programa do IR no Estado, Adélia Lima. “Nossa estimativa é de que este ano aproximadamente 100 mil pessoas apresentem a declaração obrigatória em Alagoas. Portanto, ainda faltam ser entregues 38% das declarações”, analisou. Mais de 98% das declarações apresentadas em Alagoas até o momento foram enviadas pela Internet. Apenas 78 foram feitas pelo telefone e outras 875 enviadas através do transdados do Banco do Brasil. Entre as declarações apresentadas pela Internet, cerca de 1,5 mil foram pelo formulário “On Line” e o restante pelo Receitanet. O prazo para envio da declaração termina às 20h de terça-feira, 30. E não haverá prorrogação. Quem atrasar pagará multa de no mínimo R$ 165,74. Contribuintes com patrimônio até R$ 20 mil poderá fazer a declaração por telefone (0300-78-0300), pagando um custo de R$ 0,27 ou R$ 0,50 por minuto de ligação, respectivamente para chamadas de telefone fixo ou celular. Esse contribuinte também poderá fazer o preenchimento do formulário simplificado “on line” pela Internet. Formulários A declaração por formulários de papel será enviada exclusivamente através dos Correios e a taxa de postagem é de R$ 2,50. O contribuinte tem também a opção de entregar a declaração em disquete, mas somente nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal (até o ano passado a entrega era feita em qualquer banco). A outra alternativa – a mais utilizada – é o envio da declaração pela Internet, através do programa Receitanet 2002, que poderá ser baixado no endereço eletrônico da Receita (www.receita.fazenda.gov.br). O programa é de fácil preenchimento. Basta que o contribuinte vá lançando os dados e o sistema calcula, automaticamente, quanto cada um terá a receber de restituição ou terá de pagar de imposto adicional. Congestionamento Nos anos anteriores, o contribuinte que deixou para apresentar a declaração na última hora, enfrentou congestionamento na Internet. Este ano, o problema, aponta Adélia Lima, poderá se repetir. Por isso, ela recomenda que a apresentação seja feita o quanto antes. “Quem ainda não declarou deve aproveitar o final de semana para preencher o formulário e enviar sua declaração. É bastante provável que na segunda e, principalmente na terça-feira, o sistema fique lento devido ao grande número de declarações que ainda falta ser apresentado”, alertou. É bom lembrar que este ano, a Receita Federal não está fazendo a recepção das declarações, nem montou postos de recebimentos em pontos de grande movimentação, a exemplo do que ocorria até 2001. O contribuinte que precisar de informações terá de recorrer ao plantão fiscal que funciona na Delegacia da Receita Federal, em Jaraguá, das 8h às 13h, ou pelo telefone 216-9146, das 8h às 17h.

Mais matérias
desta edição