app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Economia As mulheres foram maioria nas compras da Black Friday 2022, com participação de 60,4%

BLACK FRIDAY DEVE MOVIMENTAR MAIS DE R$ 50 MILHÕES EM MACEIÓ

A data ocorre esse ano na sexta-feira, 24 de novembro, e empolga comerciantes, que estimam alta de até 12% nas vendas deste ano

Por ROGÉRIO COSTA | Edição do dia 07/11/2023 - Matéria atualizada em 07/11/2023 às 04h00

Desde que chegou ao país, em 2012, a Black Friday acumula recordes de vendas todos os anos. Em Maceió, a Aliança Comercial e a Associação Comercial projetam vendas acima dos 50 milhões de reais. Alguns lojistas já estão com as lojas e estoques prontos para antecipar a época de descontos.

Na Black Friday 2023, os segmentos com maior busca pelos consumidores devem ser: moda e acessórios, beleza e perfumaria, alimentos e bebidas e eletrodomésticos. Em termos de faturamento, as compras de eletros, eletrônicos, telefonia e informática possuem maior valor agregado. O valor médio estimado para os clientes deve ultrapassar os R$ 400,00.

As mulheres foram maioria nas compras da Black Friday 2022, com uma participação de 60,4% nos pedidos e essa tendência deve se manter esse ano, com o público feminino outra vez sendo responsável pelo maior potencial de vendas em Alagoas e no país.

Segundo Andrea Geraldo, presidente da Aliança Comercial de Maceió, a Black Friday já pode ser considerada como uma data definitivamente incorporada ao calendário comercial do país. Sendo um momento muito aguardado pelos lojistas.

“A perspectiva da Aliança é muito positiva, o mês de novembro é um mês onde existe uma maior circulação financeira com o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário. Por isso, a chegada da data aumenta a expectativa das vendas de eletros, móveis e outros artigos, e isso gera uma grande movimentação de pessoas no comércio. Daí todos os setores acabam sendo beneficiados, inclusive com algumas lojas se antecipando ao lançamento da campanha, marcada para sexta-feira, 24 de novembro”, disse.

Para o empresário Guido Junior, a Black Friday e o Natal estimulam a confiança dos lojistas no aumento das vendas no comércio da capital.

“Estamos esperando um crescimento entre 10% e 12%, e como os lojistas fazem boas parcerias com os fabricantes, os preços realmente vão para baixo. A expectativa é positiva e estou investindo nisso para recuperarmos as perdas dos últimos anos, além da tradicional parceria dos lojistas na campanha Natal Premiado, para alavancar as vendas”, disse Guido.

PROCON MACEIÓ ORIENTA

O Procon Maceió está realizando o monitoramento dos preços nas lojas sobre a concessão de descontos reais aos clientes e a não divulgação de ofertas enganosas, como confirma a diretora-executiva do Procon Maceió, Cecília Wanderley.

“Desde a semana passada a nossa equipe já iniciou o monitoramento dos preços. Eletrodomésticos, eletrônicos, pacotes de viagem, a gente já observa que o comércio já começou a promover a data com muita publicidade. A principal dica é realizar o levantamento dos itens que esteja procurando e observar a evolução dos valores e preços de mercado oferecidos ofertados para evitar cair nos falsos descontos, se observar, realizar os registros e acionar imediatamente o Procon. Se a compra for virtual, procure fazê-la em sites reconhecidos pela segurança oferecida, CNPJ indicado, endereço, telefones de contato, para resolução de problemas, detalhes sobre prazo de troca, verificar se o valor do frete está excedido, para que isso não onere a compra. Todo consumidor é um fiscal. Qualquer dúvida, nos acione pelo 82 98882 8326, e vamos oferecer todo o atendimento necessário”, disse a diretora-executiva do Procon Maceió.


Mais matérias
desta edição