app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Economia

Contribuinte deve se apressar para evitar congestionamento

Quem deixou a entrega da declaração do IRPF para a última hora pode enfrentar congestionamento na internet. O alerta é da Receita, que negou a possibilidade de prorrogação do prazo, que termina hoje. “O contribuinte deve entregar a declaração o mais ced

Por | Edição do dia 30/04/2002 - Matéria atualizada em 30/04/2002 às 00h00

Quem deixou a entrega da declaração do IRPF para a última hora pode enfrentar congestionamento na internet. O alerta é da Receita, que negou a possibilidade de prorrogação do prazo, que termina hoje. “O contribuinte deve entregar a declaração o mais cedo possível nesta terça-feira. Quanto mais tarde, maior o risco de filas ou de congestionamento no Receitafone e na internet”, alerta Adélia Lima. Para a declaração por telefone 0300-78-0300, ou internet (www.receita.fazenda.gov.br), o prazo vai até as 20 horas. Para a declaração em disquete, vale o horário bancário e por formulários, o expediente dos Correios. A multa mínima para quem perder o prazo será de R$ 165,74 e a máxima de 20% do imposto devido, valendo o que for maior. A DRF mantém plantão fiscal, para tirar dúvidas dos contribuintes, em Jaraguá, das 8h às 13h e pelo telefone 216-9146, das 8h às 17h. Hoje também vence o prazo para o pagamento da primeira cota (ou parcela única) para quem ainda estiver devendo ao leão. O parcelamento poderá ser feito em até seis vezes, desde que nenhuma cota seja inferior a R$ 50. Imposto inferior a R$ 100 será pago de uma só vez. Se o imposto for inferior a R$ 10 não é preciso pagar.

Mais matérias
desta edição