app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5692
Economia

N�mero de declara��es entregues passa de 14 mi

De acordo com o balanço parcial divulgado pela Receita Federal até as 16 horas de ontem, 14,4 milhões de contribuintes haviam entregue suas declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física 2002, ano-base 2001. Este volume já supera em 3% a previsão da

Por | Edição do dia 01/05/2002 - Matéria atualizada em 01/05/2002 às 00h00

De acordo com o balanço parcial divulgado pela Receita Federal até as 16 horas de ontem, 14,4 milhões de contribuintes haviam entregue suas declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física 2002, ano-base 2001. Este volume já supera em 3% a previsão da Receita de 14 milhões de declarações que seriam entregues no prazo, este ano. Segundo o balanço haviam sido entregues 13,791 milhões de declarações pela Internet, 340.697 pelo formulário on-line (preenchido diretamente no site da Receita na Internet), 225 mil em disquete e 43.298 mil pelo Receitafone. O balanço das declarações entregues em formulários de papel, nos Correios, só será divulgado dentro de 15 dias, mas se estima que atinja, no máximo, 2% do total. Em Alagoas, até as 2h da madrugada, hora em que as informações são atualizadas no banco de dados da Receita, aproximadamente 90% do total das declarações previstas pela Delegacia da Receita Federal (DRF) haviam sido entregues. O universo esperado pela Delegacia da Receita Federal em Alagoas, dentro do prazo, é de 100 mil declarações. A informação é da supervisora do Programa de Imposto de Renda Pessoa Física, em Alagoas, Adélia Lima. “Até as 2h da manhã de hoje (ontem), foram entregues cerca de 88 mil declarações por meio eletrônico. Estimamos que outras duas mil declarações foram entregues nos Correios, o que totaliza 90%”, afirmou. A expectativa é de que 100 mil declarações tenham sido atingidas durante o dia de ontem. Durante todo o dia, o movimento foi grande nas agências bancárias, nos Correios e escritórios de contabilidade. Os contribuintes correram para cumprir o prazo e fugir da multa. IR: quem perdeu prazo terá de pagar multa Quem não declarou o Imposto de Renda até ontem, último dia estabelecido pela Receita Federal, para os contribuintes darem entrada na declaração, terá de pagar multa. Segundo a supervisora do IRPF em Alagoas, Adélia Lima, as declarações em atraso podem ser entregues pela Internet (www.receita.fazenda.gov.br) e pelo Receitafone (0300-78-0300), serviços que continuarão à disposição do contribuinte normalmente 24 horas por dia. A menor multa para quem perdeu o prazo de acerto das contas com o leão é de R$ 165,74 e a maior é de 20% do imposto devido, valendo o valor que for maior. Se o contribuinte que não declarou no tempo hábil tiver imposto a pagar, ele receberá uma notificação em sua residência, informando o valor da multa que terá de pagar. Caso ele tenha imposto a receber, o valor da multa já virá descontado do total que ele irá receber. Auditores Enquanto isso, os auditores fiscais da Receita Federal, no Estado, fizeram, ontem, uma nova paralisação, que deve se estender até amanhã, para reivindicar um reajuste salarial de emergência de 21,66% e lutar pela recuperação das funções de Estado da Secretaria da Receita Federal (SRF). A DRF/AL possui hoje 40 auditores fiscais, segundo informou o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal em Alagoas, José Gonzaga Filho.

Mais matérias
desta edição