app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Economia Valor médio do GNV vendido nos postos alagoanos atingiu R$ 4,69 na semana passada

GNV TEM VANTAGEM DE ATÉ 40% EM RELAÇÃO A DEMAIS COMBUSTÍVEIS

Por ter mais autonomia que demais os combustíveis, o GNV rende em média 13 km por m³; a gasolina faz 10 km/litro, e o etanol, 7 km

Por Carlos Nealdo | Edição do dia 09/11/2023 - Matéria atualizada em 09/11/2023 às 04h00

Abastecer o veículo com Gás Natural Veicular (GNV) pode resultar em uma economia de 39,6% em relação aos demais combustíveis, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (8), pela Gás de Alagoas (Algás). De acordo com os dados, um consumidor que abastece o tanque do carro com 45 litros de gasolina comum desembolsa R$ 262,35. Caso optasse pelo GNV, a economia seria de 39,6%, segundo a concessionária alagoana.

Por ter mais autonomia que os demais combustíveis, o GNV rende em média 13 km por metro cúbico, enquanto a gasolina faz 10 km/litro, e o etanol, 7 km . “O Gás Natural Veicular é atualmente o combustível mais competitivo da matriz brasileira para uso no transporte, unindo alto desempenho e baixo impacto ambiental. Com os recentes preços da gasolina, o GNV se tornou ainda mais atraente para os motoristas, permitindo que o automóvel que utiliza o combustível circule em Alagoas gastando menos”, informa a Algás em nota.

De acordo com levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor médio do GNV vendido nos postos alagoanos atingiu R$ 4,69 na semana passada. Já o da gasolina chegou a R$ 5,83; o do diesel, R$ 6,27; e o do etanol, R$ 4,23.

Além da economia, o GNV também apresenta outros benefícios, como menor emissão de gás carbônico (CO²) e praticamente nenhum componente particulado, nem enxofre. Enquanto o gás natural possui emissão de 56 kg de CO² por gigajoule (GJ) – unidade de medida de energia equivalente a mil milhões de joules –, o diesel chega a 70 kg/GJ e a gasolina, a 75 Kg/GJ.

“O GNV possibilita, ainda, confiabilidade, uma vez que tem fornecimento ininterrupto por dutos subterrâneos, e não é afetado por greves ou outras intempéries que dificultem o transporte do combustível”, diz a companhia.

Segundo a Alagás, Alagoas conta atualmente com34 os postos de combustíveis que oferecem o GNV aos alagoanos, sendo 25 na capital e nove no interior do estado. “O GNV já é adotado em larga escala em veículos leves, principalmente na frota de maior rodagem, e entre profissionais de transporte, como taxistas e motoristas de aplicativo. Importante ressaltar a utilização do GNV em frotas pesadas, como caminhões, o que apresenta uma procura cada vez mais crescente para este tipo de aplicação”, finaliza.

Mais matérias
desta edição