app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Economia

Brasil ter� perda de US$ 2 bi com barreira dos EUA

Brasília - O Departamento de Comércio Exterior da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) estima em cerca de US$ 2,4 bilhões anuais, ou US$ 9,6 bilhões nos próximos quatro anos, o prejuízo que os agricultores brasileiros terão a partir deste ano, com a

Por | Edição do dia 03/05/2002 - Matéria atualizada em 03/05/2002 às 00h00

Brasília - O Departamento de Comércio Exterior da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) estima em cerca de US$ 2,4 bilhões anuais, ou US$ 9,6 bilhões nos próximos quatro anos, o prejuízo que os agricultores brasileiros terão a partir deste ano, com a aprovação da nova lei agrícola americana, chamada de Farm Bill. Na avaliação da CNA, a nova lei perpetua o protecionismo agrícola americano e afeta a credibilidade dos Estados Unidos nas futuras negociações da área de Livre Comércio das Américas (Alca) e da Organização Mundial do Comércio (OMC). A saída para enfrentar os Estados Unidos e obter melhores preços no mercado internacional para a soja brasileira, segundo a CNA, é contestar a política de subsídios americana na OMC, por meio de um painel (comitê de arbitragem). Segundo o assessor especial da CNA para área de grãos, Getúlio Pernambuco, os estudos macroeconômicos que sustentarão essa contestação estão prontos e foram encaminhados pelo Ministério da Agricultura ao Itamaraty. Os advogados americanos que irão defender o interesse do Brasil também já estão contratados e serão pagos pelas entidades privadas envolvidas no assunto. O gasto total com advogados está estimado em cerca de US$ 400 mil.

Mais matérias
desta edição