app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Economia

Crise argentina reduz PIB da Am�rica Latina

Rio – A recessão argentina vai estagnar o crescimento econômico latino-americano este ano, conforme projeções da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). As previsões da comissão, que serão divulgadas semana que vem, mostrarão que o

Por | Edição do dia 04/05/2002 - Matéria atualizada em 04/05/2002 às 00h00

Rio – A recessão argentina vai estagnar o crescimento econômico latino-americano este ano, conforme projeções da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). As previsões da comissão, que serão divulgadas semana que vem, mostrarão que o Produto Interno Bruto (PIB) da região avançará 0,2%, em razão da queda de 10% prevista para a Argentina. Isolando o país vizinho nas estatísticas, o PIB regional cresceria 1,7%. “Pode-se dizer que o crescimento da América Latina será modesto ou insuficiente”, disse o secretário-executivo da Cepal, José Antônio Ocampo. A comissão acabou de fazer as revisões de suas projeções de dezembro. A média de crescimento para 2001, antes prevista em 1%, foi reduzida com o agravamento da situação argentina para 0 2%. A Cepal, que manteve a previsão de crescimento do Brasil em 2,2% este ano, ajustou as projeções para a economia de outros países. No caso da Argentina, alterou a queda anteriormente estimada em -7% para -10%. A instituição também reduziu as expectativas para a variação do PIB venezuelano, de crescimento de 1% para queda de 1%, e uruguaio, que ficaria estável, mas agora deverá recuar 1%, em grande parte influenciado pela performance argentina, explicou o secretário-executivo da Cepal.

Mais matérias
desta edição