app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Economia

Safra deve ter produ��o recorde

| Fernando Itokazu Folhapress Brasília - A safra 2005/6 apresenta uma área plantada menor que as duas últimas, mas deve registrar a colheita recorde de 124,4 milhões de toneladas de grãos, segundo estimativa do terceiro levantamento feito pela Companhia

Por | Edição do dia 07/02/2006 - Matéria atualizada em 07/02/2006 às 00h00

| Fernando Itokazu Folhapress Brasília - A safra 2005/6 apresenta uma área plantada menor que as duas últimas, mas deve registrar a colheita recorde de 124,4 milhões de toneladas de grãos, segundo estimativa do terceiro levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Se confirmada, a produção será 10,5 milhões de toneladas maior do que a anterior, fortemente afetada pela estiagem. O recorde viria mesmo com a redução da área cultivada. Na safra 2005/6 serão 46,8 milhões de hectares contra 48,9 milhões de 2004/5 e 47,9 milhões em 2003/4. A maior produção da história foi em 2002/3, com 123,2 milhões de toneladas em 43,9 milhões de hectares. O governo explica esse desempenho com a recuperação da produtividade do milho e da soja, bastante prejudicada pela seca de 2004. A soja vai reduzir sua área plantada de 23,3 milhões de hectares para 22,15 milhões (queda de 5%). É a primeira redução na área plantada com soja, principal produto da balança comercial agropecuária, em oito anos. Os fatores que desestimularam os produtores foram as baixas cotações nos mercados interno e externo, rentabilidade menor em relação a outras culturas, especialmente milho e cana-de-açúcar, e a descapitalização do produtor. Mesmo assim é esperado um incremento de 6,7 milhões de toneladas ou 13,1%, com a produção passando de 51,4 milhões de toneladas para 58,1 milhões. O aumento da produção, mesmo com a diminuição da área plantada, é explicado pela recuperação no Sul do País, especialmente no Rio Grande do Sul, que registrou perdas significativas com a estiagem do ano passado. A área plantada da primeira safra do milho teve um acréscimo de 5,9%: de 9,0 milhões de hectares para 9,5 milhões. Com isso, a produção de milho deve crescer 20,5%, de 27,3 milhões de toneladas para 32,9 milhões.

Mais matérias
desta edição