app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Acordo limita importa��o de t�xtil

| Cláudia Dianni Folhapress Brasília - O Ministério do Desenvolvimento e a China fecharam ontem um acordo de restrição voluntária de exportação de têxteis chineses ao país. Foi o primeiro entendimento desde que foi publicado no Brasil, em novembro, o de

Por | Edição do dia 10/02/2006 - Matéria atualizada em 10/02/2006 às 00h00

| Cláudia Dianni Folhapress Brasília - O Ministério do Desenvolvimento e a China fecharam ontem um acordo de restrição voluntária de exportação de têxteis chineses ao país. Foi o primeiro entendimento desde que foi publicado no Brasil, em novembro, o decreto 5.556, que regulamentou a aplicação de salvaguardas contra o excesso de importação de produtos chineses, depois de muita reclamação da indústria brasileira, que acusou o governo de exagerar na chamada “parceria estratégica” com a China. O acordo prevê que os próprios chineses limitem o volume de produtos embarcados para o Brasil. Foram fixados limites para oito categorias de têxteis, que somam cerca de 70 tipos diferentes de produtos e equivalem a 60% das importações do setor. No caso do comércio de seda, por exemplo, as exportações chinesas não poderão crescer mais do que 9% em 2006 e 10% em 2008, com relação ao atual volume de comércio -os dados detalhados de 2005 ainda não foram divulgados pelo governo. Cada um dos 70 itens terá uma formula semelhante, que o governo deve divulgar hoje. O acordo só passa a valer 30 dias depois de assinado pelos ministros Luiz Fernando Furlan e Bo Xilai (Comércio), em data a ser fixada. A Associação Brasileira da Indústria Textil (Abit) considerou o acordo “positivo e abrangente, embora não suficiente”. Segundo a Abit, o ponto positivo é que o acordo não elimina a possibilidade de utilizar as salvaguardas. Segundo o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Ivan Ramalho, que está em Pequim, os EUA e a União Européia assinaram acordos semelhantes com a China.

Mais matérias
desta edição