app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Economia

Neg�cios pela Internet chegam a R$ 12 bi em 2005

| Agência Brasil Rio de Janeiro O comércio eletrônico movimentou no Brasil, no ano passado, um volume superior a R$ 12 bilhões, envolvendo indústria automobilística, mobiliária e leilões. Segundo o diretor executivo da Câmara Brasileira de Comércio Ele

Por | Edição do dia 12/02/2006 - Matéria atualizada em 12/02/2006 às 00h00

| Agência Brasil Rio de Janeiro O comércio eletrônico movimentou no Brasil, no ano passado, um volume superior a R$ 12 bilhões, envolvendo indústria automobilística, mobiliária e leilões. Segundo o diretor executivo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), Cid Torquato, a expectativa para 2006 é de crescimento de 50% sobre o faturamento registrado em 2005. Ele baseia a previsão no próprio desenvolvimento da economia digital e também no crescimento no número de usuários de banda larga. “Com o aumento desses usuários, em geral, as transações eletrônicas crescem. Hoje, cerca de 80% das pessoas que fazem transações pela Internet são usuários de banda larga. Então, o crescimento da base obrigatoriamente gera um aumento das operações”, disse. Atualmente, de acordo com estimativas do executivo, 18 milhões de pessoas fazem pesquisas na Internet com o objetivo de compra. Dessas, mais de cinco milhões efetivam a transação digital, o que, na avaliação dele, mostra que no Brasil existe um universo de consumidores potenciais bastante expressivo. Líderes Fundada em 2001, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico é a principal entidade multissetorial da economia digital no Brasil e na América Latina. Ela reúne hoje 160 sócios representativos das empresas líderes de todos os setores da economia. Segundo Torquato, os sócios não se restringem apenas às empresas que vendem produtos pela Internet, mas estão ligados ao funcionamento de toda a economia que passa por um processo acelerado de digitalização.

Mais matérias
desta edição