app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Economia

Super�vit sobe 14,2% neste ano

| ANA PAULA RIBEIRO Folha Online Brasília - O superávit comercial acumulado neste ano já chega a US$ 5,666 bilhões. Esse resultado é 14,2% maior que o registrado no mesmo período do ano passado (US$ 4,963 bilhões) apesar da continuada desvalorização do

Por | Edição do dia 03/03/2006 - Matéria atualizada em 03/03/2006 às 00h00

| ANA PAULA RIBEIRO Folha Online Brasília - O superávit comercial acumulado neste ano já chega a US$ 5,666 bilhões. Esse resultado é 14,2% maior que o registrado no mesmo período do ano passado (US$ 4,963 bilhões) apesar da continuada desvalorização do dólar, que nos últimos dias têm oscilado pouco acima de R$ 2,10. Segundo dados divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, as exportações cresceram 18,6% nos dois primeiros meses deste ano, chegando a US$ 18,021 bilhões, e as importações, 17,7%, para US$ 12,355 bilhões. Em fevereiro, o saldo da balança comercial foi de US$ 2,882 bilhões, o que representa um crescimento de apenas 1,65% sobre o mesmo mês do ano passado. Já em relação a janeiro, foi registrada uma queda de 0,77% - fevereiro, porém, teve menos dias úteis. Uma tendência que pôde ser verificada no mês passado é que as importações crescem a um ritmo mais forte que as exportações. Em fevereiro, as vendas ao exterior totalizaram US$ 8,750 bilhões e as compras, US$ 5,928 bilhões, um crescimento de 12,8% e 19%, respectivamente. A média de exportações de fevereiro - total exportado por dia útil - ficou em US$ 486,1 milhões e a de importações, em US$ 329,3 milhões. No acumulado dos 12 meses encerrados em fevereiro, o superávit comercial é de US$ 45,463 bilhões, diferença entre as exportações de US$ 121,129 bilhões e importações de US$ 75,666 bilhões. O Ministério do Desenvolvimento tem uma meta de exportações de US$ 132 bilhões neste ano. Em 2005, a balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 44,764 bilhões, recorde da história, com exportações de US$ 118,309 bilhões e importações de US$ 73,545 bilhões. O mercado financeiro aposta que o superávit comercial deste ano alcance US$ 40 bilhões, segundo o boletim Focus divulgado semanalmente pelo BC.

Mais matérias
desta edição