app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Economia

Empresa de leil�o rural se instala no NE

| DA EDITORIA DE ECONOMIA Será inaugurada nesta segunda-feira, em Recife, a filial da MBA Leilões, empresa do segmento de leilões rurais com mais de 14 anos de experiência no mercado. A unidade servirá de apoio para a realização de eventos em toda a reg

Por | Edição do dia 12/03/2006 - Matéria atualizada em 12/03/2006 às 00h00

| DA EDITORIA DE ECONOMIA Será inaugurada nesta segunda-feira, em Recife, a filial da MBA Leilões, empresa do segmento de leilões rurais com mais de 14 anos de experiência no mercado. A unidade servirá de apoio para a realização de eventos em toda a região Nordeste. A idéia é diminuir os custos para os promotores de leilões e oferecer ao mercado nordestino profissionais locais qualificados com o know-how da matriz, com sede em São Paulo. O primeiro evento na agenda do escritório é o I Leilão Terra de Santa Fé de cavalos da raça Quarto de Milha, que acontece dia 30 de abril, no condomínio Terra de Santa Fé, em Bezerros-PE. A unidade vai atender à demanda de leilões de caprinos, ovinos, bovinos e eqüinos. Só no ano passado foram movimentados mais de R$ 27,3 milhões nos 43 eventos realizados pela leiloeira. Ao todo foram 2.497 animais ou cotas leiloadas. De acordo com o diretor da MBA Leilões, Marcelo Borges de Andrade, a decisão de abrir uma filial no Nordeste já estava há algum tempo sendo estudada pela empresa, que desde 2002 realiza leilões no Nordeste com sucesso. “Fomos observando neste período que o mercado estava crescendo muito. Decidimos, então, abrir uma filial para aproveitar esse potencial e viabilizar os custos para os promotores dos leilões”, argumenta Marcelo. Na nova unidade, a coordenação do trabalho ficará sob a responsabilidade de Júnior Medeiros, que será o representante da MBA Leilões Nordeste. Uma de suas características é fechar as contas dos leilões com 10 dias, dando mais tranqüilidade para os fornecedores. Com a escolha da MBA Leilões para o escritório em Recife, Pernambuco passa a abrigar uma leiloeira depois de quase 10 anos sem nenhuma empresa do setor.

Mais matérias
desta edição