app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Economia

Nordeste tenta atrair novos investidores

VITÓRIA ALCÂNTARA Editora de Economia O futuro do turismo e do mercado imobiliário de segunda residência no Nordeste [tendência de estrangeiros investirem em casas de férias no Brasil, em vez de se hospedarem em pousadas e hotéis] e as perspectiv

Por | Edição do dia 16/03/2006 - Matéria atualizada em 16/03/2006 às 00h00

VITÓRIA ALCÂNTARA Editora de Economia O futuro do turismo e do mercado imobiliário de segunda residência no Nordeste [tendência de estrangeiros investirem em casas de férias no Brasil, em vez de se hospedarem em pousadas e hotéis] e as perspectivas de a região se tornar um dos maiores destinos turísticos do mundo estão sendo debatidos por empresários brasileiros e europeus no Encontro Internacional de Investimentos Turísticos e Imobiliários no Nordeste Brasileiro (Nordeste Invest) até amanhã, no Centro de Convenções de Maceió. O encontro foi aberto ontem à noite numa solenidade que contou com a presença de várias autoridades, como o governador de Alagoas, Ronaldo Lessa; o prefeito de Maceió, Cícero Almeida; o embaixador do Brasil em Portugal, Antônio Paes de Andrade; o secretário-geral Ibero-Americano, Enrique Iglesias, além do presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi-AL), organizadora do evento, Felipe Cavalcante. O ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, que foi escolhido presidente de honra do Nordeste Invest, não compareceu à abertura e foi representado pelo diretor de investimentos do ministério, Frederico Costa. O presidente da Ademi-AL, Felipe Cavalcante, destacou em seu discurso, durante a abertura do evento, a importância do encontro para o Nordeste e para Alagoas, falando da parceria inédita no Estado dos setores imobiliário e turístico. “Estamos agregando valores, impulsionando as vendas de imóveis e assim gerando grande volume de negócios”, afirmou. O encontro reúne hoje e amanhã, no Centro de Convenções, todas as informações necessárias para quem quer investir no Nordeste brasileiro. O Nordeste Invest se divide em um seminário internacional, uma rodada de negócios e um salão imobiliário e conta com diversos expositores que apresentam os principais empreendimentos e imóveis em oferta nos estados nordestinos. Até amanhã, os participantes terão a oportunidade de discutir o planejamento de empreendimentos para o mercado internacional, segurança jurídica nos investimentos imobiliários internacionais, comercialização de imóveis brasileiros na Europa e desenvolvimento de pousadas e pequenos hotéis. O evento deve impulsionar o mercado de imóveis e o setor turístico do Nordeste. Nas capitais Natal (RN) e Fortaleza (CE), por exemplo, 40% dos empreendimentos são direcionados ao turismo residencial.

Mais matérias
desta edição