app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Economia

Preju�zo revisado da GM � de US$ 10 bi

| Vinícius Albuquerque Folhapress São Paulo - A fabricante norte-americana de automóveis General Motors (a maior do mundo) revisou seus resultados e anunciou que seu prejuízo em 2005 chegou a cerca de US$ 10,6 bilhões, ante US$ 8,6 bilhões divulgados an

Por | Edição do dia 19/03/2006 - Matéria atualizada em 19/03/2006 às 00h00

| Vinícius Albuquerque Folhapress São Paulo - A fabricante norte-americana de automóveis General Motors (a maior do mundo) revisou seus resultados e anunciou que seu prejuízo em 2005 chegou a cerca de US$ 10,6 bilhões, ante US$ 8,6 bilhões divulgados anteriormente. Os encargos que devem recair sobre a GM por conta do caso da concordata da Delphi, sua antiga subsidiária de autopeças, devem subir para US$ 3,6 bilhões (eram US$ 2,3 bilhões antes). Além disso, as perdas com seu processo de reestruturação, pelo qual devem ser fechadas fábricas até o fim de 2008, devem chegar a US$ 1,7 bilhão (contra US$ 1,3 bilhão antes). A elevação dos custos ligados à Delphi veio depois que a empresa “reavaliou o alcance” de sua possível responsabilidade no caso das compensações aos funcionários da fabricante de autopeças, disse o porta-voz da GM, Jerry Dubrowski. “Obtivemos informações melhores” do que as que estavam disponíveis quando a Delphi pediu concordata (em outubro de 2005), disse Dubrowski. A GM informou que pode ser contratualmente responsável por até US$ 12 bilhões em benefícios prometidos aos funcionários da Delphi. A Delphi esteve ligada à GM até 1999 e havia garantido que arcaria com custos de pensões e aposentadorias no caso de concordata da divisão de autopeças.

Mais matérias
desta edição