app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

Maceió é o destino turístico mais buscado do Brasil em 2023

Capital alagoana desbanca cidades como Porto Seguro (BA) e Fortaleza (CE) na preferência dos turistas, aponta pesquisa

Por Carlos Nealdo | Edição do dia 10/01/2024 - Matéria atualizada em 10/01/2024 às 04h00

Levantamento divulgado nesta terça-feira (9), pela agência online de viagens Voalá, revela que Maceió foi o destino turístico mais procurado para quem busca sossego no período de descanso. De acordo com o estudo, a capital alagoana desbancou cidades como Porto Seguro, na Bahia - que aparece em segundo lugar - e fortaleza (CE), que fecha a lista dos três destinos mais buscados de 2023.

Segundo a agência, Maceió também é destino para quem pretende conhecer Maragogi, que na opinião da Voalá, tem uma das praias mais exuberantes do mundo, e briga de igual para igual com paraísos do Caribe.

A procura pela capital alagoana pode ser verificada pelo número de turistas que passaram pelo Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares ao longo do ano passado.

De acordo com levantamento divulgado pela Secretaria de Estado do Turismo, 2,35 milhões de pessoas embarcaram ou desembarcaram no terminal alagoano. O número supera em mais de 50 mil o volume de passageiros registrados em 2022.

Como a Gazeta mostrou na edição de fim de semana (dias 6 e 7), Maceió também é a cidade mais procurada pelos turistas brasileiros para passar o carnaval, de acordo com levantamento da empresa Decolar, uma das maiores empresas de viagens do Brasil. O estudo foi realizado com base na procura por pacotes de viagens nacionais e internacionais no site e no aplicativo da companhia.

A capital alagoana desbanca cidades como o Rio de Janeiro, que aparece em segundo lugar, e Salvador (BA), a terceira colocada. Quando o assunto é a preferência dos estrangeiros por cidades brasileiras no período de carnaval, destaque para Rio, São Paulo e Salvador. Maceió fica em 5º lugar nesse quesito.

A Prefeitura de Maceió estima entre novembro de 2023 a abril deste ano, a capital alagoana vai receber 1,5 milhão de visitantes. Segundo a prefeitura, a indústria do turismo responde atualmente por cerca de 20% de toda a movimentação financeira maceioense, com mais de 50 atividades econômicas beneficiadas - a maior parte operada por micro e pequenos empreendimentos, de acordo com dados de pesquisa realizada pelo trade turístico local.

Atualmente, Alagoas conta com 45 mil leitos em diversos empreendimentos de hospedagem, e o setor está em expansão. Ao todo, 16 unidades estão em construção e devem agregar mais outros quatro mil leitos até 2025 no estado. O trade turístico possui atualmente mais de 800 empreendimentos de hospedagens, emprega mais 40 mil pessoas de forma direta e gera mais outros 120 mil empregos indiretos em Alagoas.

A Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas estima que a alta temporada vai provocar a injeção de R$ 2 bilhões na economia alagoana. Parte disso se deve à temporada de Cruzeiros, que contará com 11 navios e 30 paradas na capital alagoana, um aumento de 57% no número de embarcações e 50% em paradas em relação à temporada anterior.

Mais matérias
desta edição