app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Esportes

F�rmula 1: Barrichello ganha GP da It�lia e fica perto do vice

São Paulo – Na casa da Ferrari, Rubens Barrichello venceu o GP da Itália, em Monza, domingo. O alemão Michael Schumacher ficou na segunda colocação, seguido do irlandês Eddie Irvine, da Jaguar, e Jarno Trulli, da Renault. “Foi o resultado dos sonhos, p

Por | Edição do dia 17/09/2002 - Matéria atualizada em 17/09/2002 às 00h00

São Paulo – Na casa da Ferrari, Rubens Barrichello venceu o GP da Itália, em Monza, domingo. O alemão Michael Schumacher ficou na segunda colocação, seguido do irlandês Eddie Irvine, da Jaguar, e Jarno Trulli, da Renault. “Foi o resultado dos sonhos, principalmente por ter largado em quarto. Se bobear, uma das nossas melhores corridas. Quero mandar um beijo a todos no Brasil, que devem estar muito contentes”, disse. “Foi maravilhoso ver a torcida entusiasmada lá do pódio. Me senti como um astro de rock”, completou o brasileiro. Com o resultado, o brasileiro – que soma agora quatro vitórias na carreira - fica muito perto de garantir o vice-campeonato do Mundial de pilotos. Seus rivais diretos, o colombiano Juan Pablo Montoya e o alemão Ralf Schumacher, ambos da Williams, abandonaram em Monza e ficaram sem pontuar. Schummy é o campeão antecipado da temporada. Rubinho chegou a 61 pontos, 17 à frente de Montoya, que soma dois a mais que Ralf. Faltam duas corridas para o final. A próxima será dia 29 de setembro, em Indianápolis, nos EUA. O brasileiro Felipe Massa, da Sauber, chocou-se com o espanhol Pedro de la Rosa, da Arrows, e abandonou. O incidente levou Massa a ser punido pela FIA. A corrida A Ferrari adotou estratégia diferente para seus dois pilotos. Schumacher parou apenas uma vez. Já Barrichello foi duas vezes para o pit stop. A largada foi emocionante. Ralf passou Montoya e Schumacher, assumindo a primeira colocação. Já Rubinho deixou Schumacher em terceiro. Na quinta volta, o alemão da Williams teve problemas, perdeu a ponta e abandonou. Logo em  seguida, o brasileiro passou o  colombiano e ficou em 1o . Barrichello parou no box na volta 19 e seu companheiro de equipe ganhou a posição. Três voltas depois, Montoya também parou e deixou o alemão da Ferrari em segundo. Na 38a volta, Rubinho também foi para o box e conseguiu voltar à frente do pentacampeão. A partir daí, Barrichello disparou na ponta e chegou a ficar 14s à frente do companheiro de equipe. No final, o brasileiro tirou o pé do acelerador e os dois pilotos da Ferrari passaram juntos na linha final.

Mais matérias
desta edição