app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

Sele��o vai enfrentar a Isl�ndia em Cuiab�

Rio de Janeiro – A Islândia aceitou o convite para enfrentar a Seleção Brasileira no amistoso do dia 7 de março, em Cuiabá. O coordenador-técnico Antônio Lopes disse, ontem, na sede da CBF, que foi bom a Islândia ter aceitado jogar contra o Brasil. “

Por | Edição do dia 22/02/2002 - Matéria atualizada em 22/02/2002 às 00h00

Rio de Janeiro – A Islândia aceitou o convite para enfrentar a Seleção Brasileira no amistoso do dia 7 de março, em Cuiabá. O coordenador-técnico Antônio Lopes disse, ontem, na sede da CBF, que foi bom a Islândia ter aceitado jogar contra o Brasil. “A programação da Seleção previa um jogo para essa data e, se o Brasil conseguiu um adversário, isso é bom”, destacou. Lopes ainda tentou valorizar o adversário, dizendo aos jornalistas que a Islândia foi a terceira de seu grupo nas Eliminatórias da Copa 2002. Mas não foi bem assim. Na verdade, a Islândia ficou em quarto lugar, com 13 pontos, atrás da Dinamarca (22 pontos), República Tcheca (20) e Bulgária (17). Os islandeses conseguiram quatro vitórias em 10 jogos, chegando à frente de Irlanda do Norte e Malta. “Não posso fazer uma análise porque nunca vi a Islândia jogar, mas todo jogo é importante”, afirmou Lopes, acrescentando que, para esse jogo, a possibilidade de convocação de algum “estrangeiro” é pequena. “Tudo vai depender do acordo com os clubes. Acho difícil. No máximo, um ou dois jogadores”, afirmou. Romário Sobre uma eventual convocação de Romário para enfrentar a Islândia, Lopes manteve o mistério. Segundo ele, o jogador não está descartado para a Seleção mas, para saber ao certo se estará ou não relacionado, só mesmo na próxima quarta-feira, quando será feita a convocação, num hotel da zona sul do Rio. Os jogadores convocados se apresentam no dia 3 de março, à noite, ou no dia 4 de manhã - dependendo do calendário das competições regionais - já no aeroporto de Cuiabá. O coordenador também comentou as mudanças na comissão técnica da Seleção. Lopes disse que tomou conhecimento das demissões do administrador Mauro Félix e do assessor de imprensa Carlos Lemos ontem, e enalteceu as figuras de Américo Faria e Rodrigo Paiva, seus respectivos substitutos.

Mais matérias
desta edição