app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Esportes

Santos recebe o Palmeiras em mais um cl�ssico paulista

Santos (SP) - O técnico do Santos, Emerson Leão, isentou os jogadores do Santos do mau futebol apresentado no empate sem gols contra o Gama, no Distrito Federal, no meio da semana. Para o treinador, a equipe não tem a obrigação de vencer todos os jogos e

Por | Edição do dia 29/09/2002 - Matéria atualizada em 29/09/2002 às 00h00

Santos (SP) - O técnico do Santos, Emerson Leão, isentou os jogadores do Santos do mau futebol apresentado no empate sem gols contra o Gama, no Distrito Federal, no meio da semana. Para o treinador, a equipe não tem a obrigação de vencer todos os jogos e aprovou o empate conquistado fora de casa. Porém, atuando em casa, esta tarde, entende que o seu time não tem outra obrigação a não ser vencer. “No futebol não temos obrigação de vencer todos os jogos. Temos a obrigação de competir. Muitos times que ganharam fora perderam dentro, o que não é o caso do Santos. Estamos invictos na Vila. Chegamos à metade do campeonato, e hoje, estaríamos classificados entre os oito, o que é uma surpresa para muita gente”. O zagueiro Preto, porém, lamentou os erros de finalização do ataque do Santos nas poucas oportunidades de gols, no jogo passado, e torce para que agora isso não mais se repita. “Havendo chance real, temos que finalizar”, comenta. Enquanto isso, o atacante Nenê, do Palmeiras, recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Paysandu e desfalca a equipe no clássico deste domingo, às 16 horas. Nenê foi advertido pelo árbitro Wagner Tardelli em virtude de uma reclamação acintosa. Com a ausência do jogador, Muñoz e Itamar disputam a vaga ao lado de Dodô no ataque palmeirense. O lateral-direito Arce, do Palmeiras, estava satisfeito após a vitória por 1 a 0 diante do Paysandu, mas adotou um discurso cauteloso após a partida. Segundo o jogador, a partir de agora todos os jogos de sua equipe no Parque Antarctica devem significar três pontos a mais no Campeonato Brasileiro. “A vitória foi muito boa, mas temos que ter em mente que todos os jogos em casa agora devem ser vencidos. E, se possível, alguns fora de casa também, caso contrário continuaremos com o perigo de rebaixamento”, comentou Arce.

Mais matérias
desta edição