app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

Dirigente diz que ansiedade�causou a les�o de Ronaldo

São Paulo – Para o diretor-esportivo do Real Madrid, Jorge Valdano, há outra razão para a  sobrecarga muscular sofrida por Ronaldo além dos 80 dias em que ficou sem jogar. “Esse pequeno problema foi causado pelo tempo em que ficou parado e pela ansiedade

Por | Edição do dia 02/10/2002 - Matéria atualizada em 02/10/2002 às 00h00

São Paulo – Para o diretor-esportivo do Real Madrid, Jorge Valdano, há outra razão para a  sobrecarga muscular sofrida por Ronaldo além dos 80 dias em que ficou sem jogar. “Esse pequeno problema foi causado pelo tempo em que ficou parado e pela ansiedade produzida pela demorada negociação que o trouxe ao Real”, afirmou o dirigente, em entrevista à rádio espanhol Cadena Ser. Para Valdano, a demora para estrear também é prejudicial. “Foi criada uma tensão no jogador, que reflete no seu estado físico. A cada dia que passa, cresce a ansiedade de Ronaldo”. O argentino, porém, comparou o atacante a um armário. “Quando alguém o abraça, parece que abraça um armário”. O “Fenômeno” vem treinando normalmente ao lado dos companheiros, mas seu primeiro jogo pelo clube espanhol será apenas no próximo domingo contra o Alavés, pelo Campeonato Espanhol, ao lado da torcida, no Estádio Santiago Bernabéu. O grupo de jogadores viajou para Atenas, na Grécia, para a partida de hoje diante do AEK, pela Copa dos Campeões, mas o “Fenômeno”, que não foi relacionado, ficou em Madri. O artilheiro do penta deu provas de que realmente está ansioso para estrear, como afirma Valdano. No último domingo, que seria um dia de folga, repetiu a rotina de trabalho com exercícios de musculação, alongamento e na bicicleta ergométrica, além de massagens terapêuticas. Depois de duas horas, deu uma leve corrida em campo.

Mais matérias
desta edição