app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes

Cristiano pode ser novidade no time do CSA contra Treze

O atacante Cristiano poderá ser a principal novidade no time do CSA na primeira partida do mata-mata contra o Treze de Campina Grande-PB, no Estádio Rei Pelé, às 20h30 de amanhã. O jogador estava emprestado ao Fortaleza, mas rescindiu seu contrato diante

Por | Edição do dia 03/10/2002 - Matéria atualizada em 03/10/2002 às 00h00

O atacante Cristiano poderá ser a principal novidade no time do CSA na primeira partida do mata-mata contra o Treze de Campina Grande-PB, no Estádio Rei Pelé, às 20h30 de amanhã. O jogador estava emprestado ao Fortaleza, mas rescindiu seu contrato diante da possibilidade que surgiu para se transferir para o futebol da Arábia Saudita, em negociação que está sendo conduzida por Cláudio Adão, ex-técnico azulino. O supervisor Francisco José trabalha para regularizar Cristiano, que ontem foi utilizado no time reserva pelo técnico Ubirajara Veiga. Já Luciano Carioca, que voltou ao time contra o Confiança e marcou um dos gols do empate por 2x2, sentiu novamente a contusão e corre o risco de ficar de fora desse jogo importante pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Para o lugar de Edmílson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Ubirajara Veiga fez opção por Vagner. Os demais jogadores estão à disposição do técnico azulino. O time titular que treinou ontem formou com Santos, Luciano, Rogério Gaúcho, Robson e Betinho; Jaelson, Vagner, Souza e Williams; Alexsandro e Rogério Carioca. Os jogos contra o Treze representam para o CSA a primeira decisão nesse torneio. Os jogadores sabem da importância que representa uma vitória e, se possível, por uma boa vantagem de gols. Conseguindo esse feito, o time jogaria com mais tranqüilidade na partida de volta em Campina Grande, próxima semana. Aclamado José Carlos Simões foi aclamado terça-feira como novo presidente do Conselho Deliberativo do clube, em reunião que contou com a presença de 26 conselheiros. Como foi empossado de imediato, teve que renunciar à vice-presidência de Futebol e um novo nome será indicado para ocupar esse cargo. O novo presidente do órgão máximo do clube tem como meta prioritária fortalecer o Conselho Deliberativo para que o CSA possa ter uma receita mensal garantida.

Mais matérias
desta edição