app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Esportes

Brasil vence Holanda por 3 a 0 no Mundial

São Paulo - O Brasil venceu a Holanda por 3 sets 0, parciais de 25 a 22, 25 a 19 e 25 a 20 em 1h12 minutos, na última partida de ambas as seleções na segunda fase do Mundial da Argentina. Com o resultado, o time de Bernardinho fecha a etapa como o campeão

Por | Edição do dia 07/10/2002 - Matéria atualizada em 07/10/2002 às 00h00

São Paulo - O Brasil venceu a Holanda por 3 sets 0, parciais de 25 a 22, 25 a 19 e 25 a 20 em 1h12 minutos, na última partida de ambas as seleções na segunda fase do Mundial da Argentina. Com o resultado, o time de Bernardinho fecha a etapa como o campeão do Grupo J e agora espera Argentina ou Itália para as quartas-de-final. O desempenho na segunda fase mostra uma considerável ascensão da seleção, já que os comandados de Bernardinho não perderam nenhum set nos três jogos da etapa. Na anterior, a seleção chegou a perder um jogo para os Estados Unidos, no mesmo número de compromissos, e foi a segunda do grupo. Quartas-de-final Agora, o Brasil pega nas quartas-de-final o segundo colocado do Grupo G, que será definido na partida entre Argentina e Itália. Quem vencer, sai como campeão da chave, quem perder, vai enfrentar o Brasil. As quartas inauguram o sistema mata-mata na competição e serão jogadas na quarta-feira. O jogo O Brasil começou o jogo com a mesma tranqüilidade dos dois jogos anteriores. As duas equipes foram trocando pontos seguidamente e o Brasil só abriu uma vantagem considerável no final do set, quando fez 18 a 15. Foi quando o bloqueio apareceu e o time fez 22 a 17. A partir dai foi só administrar para fechar em 25 a 20 em 19 minutos. O segundo set foi ainda mais fácil, já que o Brasil abriu logo dois pontos no começo: 6 a 4. Visivelmente superior em quadra, a seleção foi livrando vantagem no marcador até fechar, com sobras, em 25 a 19 depois de 21 minutos. O Brasil começou devagar a terceira série e pela primeira vez chegou ao tempo técnico atrás: 8 a 7. A série seguiu com alternância no comando do marcador, até que Dante fez Brasil 20 a 18 de bloqueio. A vantagem foi suficiente para a seleção só rodar e fechar em 25 a 20, em 20 minutos.

Mais matérias
desta edição