app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

Flamengo d� novo vexame com derrota para o Santos

Santos/SP – Com grande atuação de Robert e Oséas, o  Santos venceu por 2 x 0 o Flamengo, ontem, na Vila Belmiro.  Antes preocupados com a síndrome de levantar defuntos, os jogadores do Peixe acabaram ajudando a cavar a cova do Flamengo, que continua sem v

Por | Edição do dia 25/02/2002 - Matéria atualizada em 25/02/2002 às 00h00

Santos/SP – Com grande atuação de Robert e Oséas, o  Santos venceu por 2 x 0 o Flamengo, ontem, na Vila Belmiro.  Antes preocupados com a síndrome de levantar defuntos, os jogadores do Peixe acabaram ajudando a cavar a cova do Flamengo, que continua sem vencer em 2002 e se mantém na penúltima posição no Torneio Rio-São Paulo, com 2 pontos. Já o Santos subiu para o 7º lugar, com 13 pontos. A partida começou em ritmo dinâmico. Ambos os times tocavam a bola com rapidez e chegavam sem dificuldades à área do adversário. Mas faltava objetividade. O Santos, porém, era mais eficiente na marcação e sabia aproveitar os espaços nas laterais, principalmente pela direita, com Michel e Roberto. Assim, Oséas abriu o marcador, aos 17min, com uma cabeçada certeira, após cobrança de falta de Robert, da direita. Este foi o primeiro gol do atacante com a camisa santista. Não demorou muito para o Flamengo demonstrar seu abatimento. Apenas dois minutos depois, William cabeceou no meio do gol e Júlio César defendeu. No rebote, Oséas quase fez o segundo. Embalados pelo gol e a vibração da torcida, os donos da casa aumentaram a pressão sobre o adversário, mas passaram a falhar nas finalizações. Aos poucos, o Flamengo foi esboçando uma reação, voltando a buscar o ataque. Aos 30min, Leonardo perdeu grande chance de marcar, na pequena área, de cara com Fábio Costa, que fez a defesa. Pouco depois, foi a vez de Leandro Machado desperdiçar a oportunidade de empatar: Athirson cruzou na pequena área, mas o atacante, mesmo livre de marcação, não alcançou a bola. O Santos também teve a sua cota de chances perdidas. Aos 41min, Oséas avançou pela direita e, em vez de tocar para William, que estava livre no meio, chutou forte no travessão. Sem mudanças Para o segundo tempo, as equipes voltaram sem alterações na escalação e no futebol apresentado. Os donos da casa continuaram incomodando, principalmente com Robert, que, logo aos 5 minutos, obrigou Júlio César a fazer grande defesa. O segundo gol do Peixe parecia estar anunciado. Aos 12 minutos Robert cobrou escanteio da esquerda e Marcelo Silva apareceu de trás para, de cabeça, balançar a rede. A partir daí, o Flamengo se desestruturou de vez. O técnico João Carlos mexeu no ataque, que continuou desorganizado. Enquanto isso, o Santos seguiu pressionando até o fim da partida, porém sem ampliar o placar. Santos - Fábio Costa; Odvan, Cléber e Preto; Michel (Renato), Marcelo Silva, Paulo Almeida, Robert e Leo; William  (Diego) e Oséas. Flamengo - Júlio César; Maurinho, Juan, Valnei e Athirson; Leandro Ávila, Leonardo  (Felipe Mello), Beto (Edmílson)  e Juninho; Andrezinho e Leandro Machado (Roma).

Mais matérias
desta edição