app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Esportes

Turbul�ncia no S�o Paulo

São Paulo - Apesar de ser o líder isolado do Campeonato Brasileiro e de estar bem perto da classificação para a próxima fase, o São Paulo viveu um dia turbulento ontem. Durante o treino realizado no CCT da Barra Funda, o zagueiro Régis e o atacante Leandr

Por | Edição do dia 25/10/2002 - Matéria atualizada em 25/10/2002 às 00h00

São Paulo - Apesar de ser o líder isolado do Campeonato Brasileiro e de estar bem perto da classificação para a próxima fase, o São Paulo viveu um dia turbulento ontem. Durante o treino realizado no CCT da Barra Funda, o zagueiro Régis e o atacante Leandro acabaram brigando e tiveram que ser separados pelos companheiros. A confusão começou quando Leandro se irritou ao sofrer uma falta de Régis durante o treino coletivo e partiu para cima do companheiro. Os dois ficaram se empurrando até o zagueiro dar um soco no peito do atacante e receber uma cotovelada de revide. Aí, outros jogadores separaram os briguentos. Depois da briga, o técnico Oswaldo de Oliveira decidiu reiniciar o coletivo, mas o trabalho não durou muito mais tempo. No final, mais calmos, Leandro e Régis garantiram que o problema estava superado e que tudo não passou de um desentendimento normal de treino. Os dois briguentos são reservas do time do São Paulo, mas Leandro deve jogar neste sábado contra a Portuguesa, no Canindé, no lugar de Luís Fabiano, contundido. Palmeiras O técnico Levir Culpi, do Palmeiras, fez um apelo à torcida após o clássico com o Corinthians. O treinador pediu o apoio dos torcedores para tentar fugir da Série B. “Só nos resta isso agora. A torcida precisa lotar o Parque Antártica quarta-feira, contra o Botafogo, e nos ajudar”, disse o treinador, convocando os palmeirenses, que quarta-feira eram minoria no Morumbi. Ele atribuiu o empate à falta de sorte, como no lance em que Fábio Luciano salvou chute de Muñoz.

Mais matérias
desta edição