app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Esportes

CSA d� aula de futebol na vit�ria sobre o ABC

O CSA deu uma aula de futebol na vitória por 3x1 sobre o ABC, no Machadão, em Natal, depois de estabelecer uma vantagem parcial de 1x0 no primeiro tempo. Com a expressiva vitória, a equipe azulina continua dividindo a primeira colocação do Campeonato do

Por | Edição do dia 25/02/2002 - Matéria atualizada em 25/02/2002 às 00h00

O CSA deu uma aula de futebol na vitória por 3x1 sobre o ABC, no Machadão, em Natal, depois de estabelecer uma vantagem parcial de 1x0 no primeiro tempo. Com a expressiva vitória, a equipe azulina continua dividindo a primeira colocação do Campeonato do Nor-deste com o Vitória, somando 15 pontos, mas ficando como segundo colocado no critério desempate por ter uma vitória a menos. Agora, o CSA vai realizar três jogos seguidos no Estádio Rei Pelé, começando sábado à tarde, contra o Sergipe, e ficará numa posição privilegiada para chegar à classificação para o quadrangular final caso consiga o aproveitamento máximo. O que contribuiu de forma decisiva para essa vitória foi o gol marcado por Cleiton, logo aos 5 minutos de jogo, pois ao ficar em desvantagem no marcador e diante da pressão de sua torcida, o ABC ficou desnorteado em campo, facilitando o trabalho do time azulino. O CSA mostrava um excelente posicionamento e teve mais facilidades para criar jogadas de contra-ataque. As oportunidades para ampliar a contagem foram criadas, mas todas desperdiçadas. O placar de 1x0 foi camarada para o time potiguar. As duas equipes voltaram para a etapa complementar sem alterações, apesar do descontentamento do técnico Pedrinho Albuquerque com a atuação do ABC. O CSA manteve o mesmo posicionamento em campo, jogando com tranqüilidade e explorando jogadas de contra-ataque. Aos 8 minutos, Geninho ampliou, depois de uma boa jogada de Rubiano pela esquerda. A equipe da casa se descontrolou ainda mais e seu técnico partiu para as mudanças para jogar de forma mais ofensiva. Colocou Moreno e Renato nos lugares de Marcelo da Guia e Fábio. A equipe atacou mais, aproveitando o recuo do CSA. Aos 29 minutos, Moreno diminuiu. O ABC se animou em campo e pressionou mais. Em seguida, Fábio Lopes entrou livre e chutou para fora, perdendo a grande chance para empatar. A ducha fria veio aos 33 minutos. Numa troca de passes entre Rubiano, Cristiano e Geninho, este cruzou e o artilheiro Cristiano completou, aumentando a sua marca para nove gols nessa competição. Depois desse gol, a torcida começou a deixar o estádio e o CSA teve competência para levar a vantagem até o final. Arbitragem do pernambucano Cláudio Mercante/PE. E as equipes jogaram assim: ABC – Carlão; Airton, Leandro, Vladimir e Marcelo da Guia (Moreno); Lima, Guará, Montanha e Sandro; Fábio Silva (Renato) e Fábio Lopes. CSA – Santos; Marco Aurélio, Márcio Pereira, Alex Martins e Juninho Goiano; Capitão, Geninho, Rubiano (Menta) e Cleiton (Valdo); Cristiano e Toninho (Leo).

Mais matérias
desta edição