app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Esportes

CSA empresta jogadores para clubes da 2� Divis�o

Depois de ser eliminado do Campeonato Brasileiro da Série C e ficar sem atividades no futebol profissional até o fim do ano, a diretoria do CSA tomou algumas medidas para reduzirdespesas, enxugando o elenco. Do grupo que disputou a última competição nacio

Por | Edição do dia 01/11/2002 - Matéria atualizada em 01/11/2002 às 00h00

Depois de ser eliminado do Campeonato Brasileiro da Série C e ficar sem atividades no futebol profissional até o fim do ano, a diretoria do CSA tomou algumas medidas para reduzirdespesas, enxugando o elenco. Do grupo que disputou a última competição nacional, ficaram no Mutange apenas os jogadores que têm passe preso ao clube, sendo afastados os que foram contratados como reforço, depois de um acerto de contas para evitar problemas futuros. O atacante Cristiano foi emprestado ao CSE de Palmeira dos Índios. O jogador estava emprestado ao Fortaleza, onde ganhava um bom salário, mas rescindiu seu contrato a pedido do ex-técnico azulino Cláudio Adão, que prometeu negociá-lo com um clube da Arábia Saudita ou Catar. Reapresentou-se ao CSA vivendo essa expectativa, acabou disputando o Brasileiro da Série C e o negócio até agora não se concretizou, frustrando o artilheiro, que para se manter em forma vai tentar levar o CSE à divisão principal do futebol alagoano em 2003. Já o zagueiro Sinval e o também atacante Alexsandro foram liberados para o 7 de Setembro. O lateral-esquerdo Ramon está mantendo conversações para defender esse mesmo clube. O CSA deverá disputar mais uma vez a Copa São Paulo de Juniores, em janeiro, em parceria com o Águas de Lindóia/SP, do empresário Taveira. Otávio Quadros de Oliveira está confirmado como técnico azulino de juniores e sua missão, a partir do dia 15, é observar os 30 jogadores que participarão da fase de preparação para relacionar doze deles para essa viagem – os treze restantes serão do clube paulista. Alguns jogadores juniores foram profissionalizados, com o goleiro Pavão, o lateral Cristiano, os zagueiros Luciano e Carlos Alberto, os meio-campistas Edmilson e Anderson La Bamba, os meias Da Silva, Binho e Rodrigo e o atacante Neto. Todos estão em condições de  disputar a Copa São Paulo.

Mais matérias
desta edição