app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

Mais um piloto brasileiro numa equipe da F�rmula 1

Rio - O Brasil terá mais um piloto na temporada 2003 da Fórmula 1. Niki Lauda, dirigente da escuderia Jaguar, anunciou ontem que o brasileiro Antônio Pizzonia correrá pela equipe inglesa no próximo ano. Pizzonia fará dupla com o australiano Mark Webber, e

Por | Edição do dia 02/11/2002 - Matéria atualizada em 02/11/2002 às 00h00

Rio - O Brasil terá mais um piloto na temporada 2003 da Fórmula 1. Niki Lauda, dirigente da escuderia Jaguar, anunciou ontem que o brasileiro Antônio Pizzonia correrá pela equipe inglesa no próximo ano. Pizzonia fará dupla com o australiano Mark Webber, ex-Minardi. - Estou emocionado em dar as boas vindas a Antônio e Mark à equipe Jaguar, em uma promessa de uma excitante parceria na Fórmula 1, disse. Piloto da Fórmula 3000 (equipe Petrobras Júnior) e de testes da Williams, Pizzonia, 22 anos, fez um teste com o carro da Jaguar em setembro e agradou aos dirigentes da equipe. Ele é rápido e bom o suficiente para estar na Fórmula 1 - afirmou Frank Williams sobre o piloto amazonense, conhecido na Inglaterra como ‘Jungle Boy’ (Garoto da selva). O brasileiro ficou em sétimo lugar na temporada 2002 da F-3000. Com as contratações de Pizzonia e Webber, a Jaguar dispensou a dupla de 2002, formada pelo irlandês Eddie Irvine e pelo espanhol Pedro de la Rosa. Ex-piloto da Ferrari e vice-campeão da temporada 1999, Irvine conquistou oito pontos este ano, todos da Jaguar em 2002. O irlandês ficou na Jaguar por três anos. Irvine criticou os substitutos. - Isto definitivamente não afeta meus planos para o futuro (a saída da Jaguar). Mas se eu fosse o chefe da equipe não ficaria feliz se assinasse contrato com dois pilotos inexperientes. De la Rosa ainda tinha um ano de contrato com a Jaguar, mas a equipe preferiu arcar com os custos da rescisão.

Mais matérias
desta edição