app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Esportes

Roberval n�o aceita euforia no CRB ap�s bons resultados

O técnico Roberval Davino quer utilizar os treinamentos desta semana para conscientizar o grupo de que não há motivo para euforia após os últimos bons resultados, que colocaram o CRB de volta à zona de classificação (quatro primeiros) no Campeonato do Nor

Por | Edição do dia 26/02/2002 - Matéria atualizada em 26/02/2002 às 00h00

O técnico Roberval Davino quer utilizar os treinamentos desta semana para conscientizar o grupo de que não há motivo para euforia após os últimos bons resultados, que colocaram o CRB de volta à zona de classificação (quatro primeiros) no Campeonato do Nordeste. Para o treinador, o empate fora de casa com o Fluminense, a vitória sobre o Treze, o empate no clássico com dois jogadores a menos e a virada no placar contra o Confiança, no domingo, devem ser utilizados como uma forma para intimidar os adversários e não como relaxamento e preciosismo dos jogadores alvirrubros. O próximo adversário do CRB será o América (RN), domingo, em Maceió. Davino alerta para a série de jogos difíceis e decisivos de agora por diante. Depois do América, o Galo joga contra dois pernambucanos, Náutico e Sport, ambos em Recife. “A disputa da vaga vai começar a ficar acirrada agora, onde o time que quiser se classificar terá de pontuar também fora de casa. O CRB está bem situado e vai continuar brigando para se manter entre os quatro”, analisa Davino. Dois de volta Para enfrentar o time potiguar, Roberval Davino tem dois jogadores de volta: o zagueiro Marcão e o apoiador Lau, que cumpriram suspensão automática. Saymon e Romerito, que foram seus substitutos contra o Confiança, devem sobrar. Já o lateral-esquerdo Calixto pode ser desfalque, caso seja suspenso por mais de uma partida no julgamento hoje pelo Tribunal da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Durante a semana, o técnico alvirrubro também vai analisar qual será a melhor formação para a partida diante do América. Ele espera encontrar o atacante ideal para jogar ao lado de Fabrício. Domingo, Davino testou Romerito mais adiantado, mas não deu muito resultado. Por enquanto, o treinador deve continuar com os meias se revezando no ataque, fazendo a função de centroavante. Pode ser também que Roberval teste o garoto Marcinho, que é centroavante, era da equipe de juniores e esteve emprestado a um clube do interior paulista. Ele tem feito bons treinamentos, podendo ganhar uma chance. Caso Marcinho tenha a provação definitiva de Roberval Davino, a diretoria do CRB não vai mais insistir na vinda de um jogador da posição. “Vamos deixar que o Roberval decida, mas ainda estamos tentando viabilizar recursos para a contratação de um bom centroavante”, garante o presidente em exercício, Darlan Brandão. Embora reconheça a necessidade de um atacante, do tipo “matador”, o presidente tem dado prioridade aos compromissos financeiros mais urgentes do clube como, por exemplo, o pagamento em dia dos salários.

Mais matérias
desta edição