app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes

Corinthians teme repres�lia da Conmebol

O Corinthians fez de tudo para que Armando José Terreri Rossi Mendonça, Milton Guilherme Rossi Mendonça, Karina Bellinato Mendonça e Rodrigo Adura não fizessem valer a liminar obtida na Justiça. Mas foi em vão. O quarteto entrou no Pacaembu e acompanhou a

Por | Edição do dia 02/03/2013 - Matéria atualizada em 02/03/2013 às 00h00

O Corinthians fez de tudo para que Armando José Terreri Rossi Mendonça, Milton Guilherme Rossi Mendonça, Karina Bellinato Mendonça e Rodrigo Adura não fizessem valer a liminar obtida na Justiça. Mas foi em vão. O quarteto entrou no Pacaembu e acompanhou a vitória sobre o Millonarios, por 2 a 0, na última quarta. E o clube teve de se movimentar. Apesar de garantirem que juridicamente não há qualquer problema, já que a ação foi direcionada à Confederação Sul-Americana e a liberação foi feita pela Polícia Militar sem a anuência do Timão, dirigentes e representantes do departamento jurídico se preocupam. O temor é quanto à represália que pode acontecer por parte dos dirigentes da Conmebol, que estão sendo combatidos pelo clube desde que o Comitê Disciplinar da entidade emitiu medida cautelar proibindo a presença de torcida no Pacaembu até a decisão definitiva (tem de sair até 60 dias). A prova disso é que o presidente alvinegro, Mário Gobbi Filho, entrou em contato por telefone com Nicolás Leoz, mandatário da Conmebol, com a intenção de explicar que o clube não teve nada a ver com a decisão dos torcedores nem do acesso.

Mais matérias
desta edição