app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes

TJ ret�m comiss�o do campo do CRB

A venda irrevogável do campo Severiano Gomes Filho, na Pajuçara, um dos maiores patrimônios do CRB, sofreu ontem um questionamento jurídico por parte do Tribunal de Justiça (TJ-AL). Por meio de uma ação liminar, o desembargador Klever Rêgo Loureiro, int

Por | Edição do dia 29/05/2013 - Matéria atualizada em 29/05/2013 às 00h00

A venda irrevogável do campo Severiano Gomes Filho, na Pajuçara, um dos maiores patrimônios do CRB, sofreu ontem um questionamento jurídico por parte do Tribunal de Justiça (TJ-AL). Por meio de uma ação liminar, o desembargador Klever Rêgo Loureiro, integrante da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), aceitou o pedido de efeito suspensivo interposto pela corretora Márcio Rapôso Imóveis Ltda., contra decisão que determinou o desbloqueio da quantia de R$ 1 milhão, parte referente à comissão sobre o valor da venda do campo da Pajuçara, cujo valor bruto foi de R$ 20 milhões, vendido a uma multinacional que comanda um supermercado, futuro proprietário do local. Na prática, a Márcio Rapôso Imóveis questiona a legitimidade na venda do negócio intermediado pela empresa CROS Imobiliária, iniciais do empresário Carlos Rubens de Oliveira Sobrinho. Para a Márcio Rapôso, o contrato com a corretora de imóveis concorrente teria sido “quebrado” pelo CRB passando a intermediação a outra empresa, no caso a CROS e ratificada na liminar do juiz ontem que diz que o CRB contratou os serviços da Márcio Raposo Imóveis Ltda. para vender o imóvel, e fechou negócio com intermediação de uma outra corretora.

Mais matérias
desta edição