app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Esportes

Sele��o j� est� em Seul para jogo com a Cor�ia

São Paulo - A delegação da Seleção Brasileira desembarcou na madrugada de ontem em Seul, onde amanhã disputará um amistoso com a Coréia do Sul, quarta colocada na Copa do Mundo-2002. O jogo marcará a despedida do tetracampeão Zagallo da seleção. O técni

Por | Edição do dia 19/11/2002 - Matéria atualizada em 19/11/2002 às 00h00

São Paulo - A delegação da Seleção Brasileira desembarcou na madrugada de ontem em Seul, onde amanhã disputará um amistoso com a Coréia do Sul, quarta colocada na Copa do Mundo-2002. O jogo marcará a despedida do tetracampeão Zagallo da seleção. O técnico comandará um treino hoje no Seoul World Cup Stadium, local da partida. O amistoso está marcado para as 8h (horário de Brasília) de amanhã. Dos 21 atletas convocados, o gremista Anderson Polga é o único classificado para as quartas-de-final do Campeonato Brasileiro. Athirson e Júlio César (Flamengo), Luisão (Cruzeiro) e Kleberson (Atlético-PR) não conseguiram levar suas equipes para a próxima fase, enquanto Ricardo Oliveira (Lusa) amargou o rebaixamento. Os demais que participarão do confronto com os sul-coreanos jogam no exterior. Apesar da longa viagem, Anderson Polga poderá participar normalmente do primeiro jogo com o Juventude, no domingo. Isto porque a chegada da seleção ao Brasil está prevista para a manhã de sexta-feira. A temperatura deve ser um adversário perigoso para os jogadores brasileiros, mais do que o próprio time coreano. Na chegada a Seul, os termômetros marcavam zero grau. Apesar do frio, alguns atletas esqueceram o cansaço da viagem e passearam pela capital sul-coreana. “O peso, a responsabilidade agora são maiores devido ao título mundial, mas o orgulho também é muito grande”, disse o lateral-direito e capitão Cafu, sobre o fato de voltar à Coréia do Sul, onde o Brasil iniciou a trajetória na Copa 2002. Ronaldinho O meia Ronaldinho confirmou que o Paris Saint-Germain que não havia concordado com a sua viagem. O treinador do PSG, Luis Fernández, argumentou sobre o cansaço que esse jogo provocaria em seu astro, que só recentemente voltou aos gramados. Na semana passada, Fernández pediu a Ronaldinho para recusar a convocação do treinador interino brasileiro Zagallo, enquanto, ao mesmo tempo, o PSG enviou uma cópia à Fifa da ficha médica de seu jogador. Mas por não ter recebido resposta até ontem, Ronaldinho viajou como estava previsto para jogar e voltar em seguida a Paris, onde está sendo esperado sexta-feira.

Mais matérias
desta edição