app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Esportes

Corinthians, Fluminense e Santos saem na frente

São Paulo - Dizem que o Corinthians é um time de chegada. E pelo que se viu domingo no Mineirão, a fama é mais do que merecida. Só um desastre - e tem de ser daqueles dantescos - tira a equipe de Carlos Alberto Parreira das semifinais do Campeonato Brasil

Por | Edição do dia 26/11/2002 - Matéria atualizada em 26/11/2002 às 00h00

São Paulo - Dizem que o Corinthians é um time de chegada. E pelo que se viu domingo no Mineirão, a fama é mais do que merecida. Só um desastre - e tem de ser daqueles dantescos - tira a equipe de Carlos Alberto Parreira das semifinais do Campeonato Brasileiro. Os paulistas não tomaram conhecimento e massacraram o Atlético-MG por 6 a 2, em tarde inspirada do atacante Deivid, autor de quatro gols - ele chegou a 12, contra 18 de Rodrigo Fabri (Grêmio) e Luís Fabiano (São Paulo).Gil fez os outros dois gols do Corinthians, enquanto Mancini e Michel descontaram para o Atlético. Agora, os conrintianos podem perder por uma diferença de até quatro gols para prosseguirem na competição. O jogo de volta está marcado para amanhã, no Morumbi. O provável adversário do Corinthians deve ser contra o Fluminense, que domingo venceu o São Caetano pela primeira vez em sua história: 3 a 0, gols de Magno Alves (2) e Roni. A volta será em São Caetano do Sul, também amanhã, com o Tricolor podendo perder por dois gols de diferença. Já no clássico paulista, a juventude do Santos prevaleceu na Vila Belmiro sobre o favoritismo são-paulino. Os donos-da-casa fizeram 3 a 1 e podem perder até por um gol de diferença no segundo e decisivo encontro. Alberto, Robinho e Diego marcaram para os santistas, ficando Kaká com o gol solitário do São Paulo. Por causa da partida entre Corinthians e Atlético-MG, São Paulo x Santos será o único jogo na quinta-feira. No clássico gaúcho disputado em Porto Alegre, o Grêmio, mesmo jogando em casa, ficou no 0 a 0 com o Juventude. Novo empate basta à equipe de Caxias para ficar com a vaga entre os quatro melhores.

Mais matérias
desta edição