app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

GP da Austr�lia abre Mundial de F�rmula 1

Melbourne, Austrália – Começa na madrugada deste domingo (2h) o Mundial de Fórmula 1 da temporada 2002. Os carros da Ferrari, McLAren e Williams, mais uma vez, são os grandes favoritos ao título. O piloto alemão Michael Schumacher tenta chegar ao tetracam

Por | Edição do dia 02/03/2002 - Matéria atualizada em 02/03/2002 às 00h00

Melbourne, Austrália – Começa na madrugada deste domingo (2h) o Mundial de Fórmula 1 da temporada 2002. Os carros da Ferrari, McLAren e Williams, mais uma vez, são os grandes favoritos ao título. O piloto alemão Michael Schumacher tenta chegar ao tetracampeonato, enquanto o brasileiro Rubens Barrichel-lo tenta se afirmar na equipe italiana. Calendário 03/03 – GP da Austrália;17/03 – GP da Malásia; 31/03 – GP do Brasil;14/04 – GP de San Marino; 28/04 – GP da Espanha;12/05 – GP da Áustria;26/05 – GP de Mônaco; 09/06 – GP do Canadá; 23/06 – GP da Europa; 07/07 - GP da Grã Bretanha; 21/07 – GP da França; 28/07 – GP da Alemanha; 18/08 – GP da Hungria; 01/09 –GP da Bélgica;15/09 – GP da Itália; 29/09 – GP dos _Estados Unidos; e 13/10GP do Japão. Barrichello A Ferrari começará a temporada com o carro do ano passado, o F2001, e ainda ninguém sabe se o F2002 fará sua estréia na Malasia no dia 17 de março ou se a equipe vai esperar que o campeonato chegue ao continente europeu para promover o lançamento do novo carro. A escuderia italiana correrá com o carro do ano passado porque, segundo Jean Todt, não foram cobertos os quilômetros de provas necessários para assegurar a confiabilidade do novo modelo. Muitos pensam que a Ferrari corre o risco de perder a competitividade ao não levar a Melbourne seu novo carro, mas o brasileiro Rubens Barrichello está contente com esta decisão, já que prefere estar seguro de que o carro funcione do que reclamar de problemas com o modelo 2002. “O novo carro é maravilhoso e a gente gostaria de poder correr com ele na Austrália, mas não tivemos tempo para prepará-lo. Poderemos correr com ele na Malásia ou no Brasil, mas temos que ver como se comportará o F2001 em Melbourne e depois tomar uma decisão. A equipe resolveu isso em conjunto e estou satisfeito com o caminho escolhido porque o F2001 é muito competitivo. Está mais rápido do que já era em Suzuka porque foram feitas algumas modificações importantes.”

Mais matérias
desta edição