app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes

Ponte estr�ia refor�o diante do S�o Caetano

Campinas - Em busca da reabilitação no Torneio Rio-São Paulo, a  Ponte Preta vai apresentar três novidades para enfrentar o São Caetano,  neste sábado, às 16h, no Estádio Moisés Lucarelli. A principal delas é a estréia do meia Caíco, ex-Internacional-RS.

Por | Edição do dia 02/03/2002 - Matéria atualizada em 02/03/2002 às 00h00

Campinas - Em busca da reabilitação no Torneio Rio-São Paulo, a  Ponte Preta vai apresentar três novidades para enfrentar o São Caetano,  neste sábado, às 16h, no Estádio Moisés Lucarelli. A principal delas é a estréia do meia Caíco, ex-Internacional-RS. O zagueiro Alex Oliveira e o lateral Eduardo vão entrar, respectivamente, nos lugares de Rodrigo e Elivélton que, contundidos, foram vetados pelo departamento médico. A entrada de Caíco já era esperada. Desde quando iniciou os treinamentos, na semana passada, ele apresentou excelente condição física e já teria até sido utilizado na partida diante do São Paulo não fosse problemas com a sua documentação. Esse problema, porém, não existe mais uma vez que a diretoria conseguiu apressar a liberação dos documentos junto ao Lugano da Suíça, seu último clube. Com Caíco, o meio campo ganha dinâmica e o esquema volta a ser o tradicional 4-4-2, em substituição ao ofensivo 4-3-3. Nesta partida a Ponte já tem dois desfalques confirmados: o centroavante Washington, que estará concentrado com a seleção brasileira, e o volante Mineiro, suspenso. São Caetano Depois de quebrar a invencibilidade do Vasco no Torneio Rio-São Paulo, o São Caetano enfrenta a Ponte Preta determinado a conseguir sua primeira vitória fora de casa nesta temporada. Foram quatro derrotas até agora, sendo três delas na própria competição regional e outra pela Copa Libertadores da América. Uma vitória também recolocaria o time nas primeiras posições do Rio-São Paulo, já que o São Caetano em 9º lugar, com 10 pontos ganhos. Ponte Preta - Ronaldo; Rodrigo Chagas, Alex Oliveira, Ronaldão e  Eduardo; Roberto, Mineiro, Marquinhos e Caíco; Jean e Washington. São Caetano - Silvio Luis; Russo, Daniel, Dininho e Rubens Cardoso;  Serginho, Marcos Senna, Ailton e  Adãozinho; Wágner e Brandão. Técnico: Jair Picerni.

Mais matérias
desta edição