app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes

Corinthians x S�o Paulo: STJD vai apurar homofobia

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitou ontem a instauração de um inquérito para apurar supostos insultos de discriminação homofóbica entre torcedores de Corinthians e São Paulo, ocorridos no jogo entre as equipes, no úl

Por | Edição do dia 24/09/2014 - Matéria atualizada em 24/09/2014 às 00h00

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitou ontem a instauração de um inquérito para apurar supostos insultos de discriminação homofóbica entre torcedores de Corinthians e São Paulo, ocorridos no jogo entre as equipes, no último domingo, no Itaquerão, pelo Brasileirão. A informação foi publicada pela assessoria de imprensa do órgão. O inquérito vai verificar se os cantos foram apenas por provocação ou se são discriminatórios, desdenhosos ou ultrajantes, conforme artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O STJD requer o testemunho dos árbitros da partida, dos presidentes Carlos Miguel Aidar e Mário Gobbi, e a presença dos goleiros Denis e Cássio, de São Paulo e Corinthians. Antes da partida, o Corinthians solicitou à torcida que evitasse os insultos homofóbicos – em outros clássicos contra o São Paulo, o goleiro Rogério Ceni, que nem jogou no domingo, foi chamado de “bicha” pelos corintianos. Mas antes de a bola rolar, a torcida começou a cantar: “Vamos, vamos, Corinthians, dessas bichas teremos que ganhar”. O goleiro Denis, reserva de Ceni, foi chamado de “bicha” durante o aquecimento e o jogo, quando foi fazer as cobranças de tiros de meta.

Mais matérias
desta edição