app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

CRB enfrenta Am�rica com sentimento de vingan�a

JOÃO JOSÉ EDITOR/ESPORTES O CRB enfrenta o América-RN neste domingo, às 16 horas, no Estádio Rei Pelé, com um indisfarçável sentimento de vingança. Ano passado, pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o time alvirrubro jogou duas vezes contra esse adve

Por | Edição do dia 03/03/2002 - Matéria atualizada em 03/03/2002 às 00h00

JOÃO JOSÉ EDITOR/ESPORTES O CRB enfrenta o América-RN neste domingo, às 16 horas, no Estádio Rei Pelé, com um indisfarçável sentimento de vingança. Ano passado, pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o time alvirrubro jogou duas vezes contra esse adversário e não conseguiu vencer: empatou em casa por 1x1 e foi goleado em Natal, por 4x1. A vitória será importante, também, para o CRB continuar na zona de classificação – está em quarto lugar com 12 pontos – e se manter rigorosamente no páreo para ir à próxima fase do Campeonato do Nordeste. Estes são apenas dois fortes motivos para os jogadores do técnico Roberval Davino se desdobrarem em campo. Alguns jogadores que estavam no grupo do Brasileiro do ano passado ainda lembram que, apesar da boa campanha da equipe, o América foi um concorrente à vaga para a segunda fase até a última rodada. “Não será um jogo só pensando em vingança, que não tem grande importância. Não ganhamos deles no ano passado e vamos continuar respeitando, porém acreditando no nosso potencial e visando uma grande vitória para nossa caminhada em busca da classificação”, comentou o experiente apoiador Fernando César. O técnico Roberval Davino e os jogadores estão conscientizados de que a vitória só pode acontecer com muita seriedade, garra e aplicação tática. O adversário é encarado como um dos mais difíceis da competição, mesmo sendo o jogo em Maceió. “Vamos ao ataque, mas sem descuidos na defesa porque o América tem jogadores de qualidade, inclusive jogadores perigosos, como o meia Marcelo Borges”, alertou Davino. Adversário forte Entre os jogadores o discurso também é de cautela. O meia Édson Pezinho, que jogou pelo América no ano passado, comentou que o forte do ex-clube é o conjunto: “Pouco mudou do time do ano passado. Continua sendo um time forte e perigoso. Precisaremos jogar com muita determinação para a vitória contra um adversário forte, inclusive com o mesmo técnico, o Celso Teixeira”. Esses cuidados, no entanto, são deixados de lado quando a palavra de ordem é atacar, um estilo próprio do time desde o início do Campeonato do Nordeste, cuja proposta do técnico Roberval Davino é levar o CRB à classificação entre os quatro. A ousadia, jogando no Rei Pelé, tem levado a equipe a bons resultados e não será diferente desta vez. Será o mesmo esquema de marcação forte e ataque total, utilizando principalmente o avanço dos alas e dos meias, estes sempre tornando-se atacantes. Time A suspensão de Calixto obriga o técnico a mexer na ala esquerda. O meia criativo, Fernando, que era problema no início da semana, está recuperado e vai jogar. A zaga de área está mantida, apesar de o zagueiro Marcão ter cumprido suspensão automática. Já o novo reforço, o centroavante Sílvio, ainda sem boas condições físicas e sem ritmo, ficará no banco. O CRB deve jogar com Geraldo; Marquinhos, Bruno, Saymon e Édson Pezinho; Fernando César, Lau, Fernando e Marcelinho; Fabrício e Romerito. A diretoria espera uma grande renda, apostando na motivação da torcida pela boa campanha e, principalmente, com a chegada de um centroavante, contratação tanto cobrada. Os preços dos ingressos: cadeira especial – R$ 20,00, arquibancada superior – R$ 10,00, e arquibancada inferior e estudantes – R$ 5,00. O trio de árbitros será da Bahia: Saul Brito Duarte (árbitro), Ádson Márcio, Lopez Leal e Fábio Santos Souza (assistentes). Já a “Confraria do Galo”, promove na manhã deste domingo uma carreata pela orla marítima, havendo antes uma feijoada no restaurante BeerCRB.

Mais matérias
desta edição