app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Esportes

Justi�a cita J. Hawilla entre os envolvidos

Além dos detidos ontem, outros sete dirigentes e empresários foram acusados de corrupção no caso por lavagem de dinheiro e fraude. “Num esquema que atuava há 24 anos para enriquecer dirigentes através da corrupção no futebol internacional”, informa nota d

Por | Edição do dia 28/05/2015 - Matéria atualizada em 28/05/2015 às 00h00

Além dos detidos ontem, outros sete dirigentes e empresários foram acusados de corrupção no caso por lavagem de dinheiro e fraude. “Num esquema que atuava há 24 anos para enriquecer dirigentes através da corrupção no futebol internacional”, informa nota da Justiça americana. Segundo autoridades dos Estados Unidos, quatro acusados detidos confessaram culpa no caso ontem. Além da investigação nos EUA, as autoridades suíças recolheram documentos na sede da Fifa, em uma apuração relacionada à escolha das sedes das Copas de 2018 e 2022. Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, 14 pessoas serão acusadas formalmente por envolvimento no caso. Entre os detidos, estão também os dirigentes Jack Warner e Nicolás Leoz, os executivos de marketing esportivo Alejandro Burzaco, Aaron Davidson, Hugo Jinkis, Mariano Jinkis e José Margulies, um suposto intermediário que facilitava pagamentos ilegais. Réu confesso, José Hawilla, 71, dono da Traffic Group, maior agência de marketing esportivo da América Latina, que tem os direitos de transmissão, patrocínio e promoção de campeonatos de futebol e jogadores, além de empresas de comunicação no Brasil, também é citado pela Justiça americana.

Mais matérias
desta edição