app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Esportes

Libertadores: S�o Caetano em busca de afirma��o no Paraguai

São Caetano do Sul (SP) - As vitórias consecutivas sobre Vasco  e Ponte Preta, pelo Torneio Rio-São Paulo, deixaram a situação do São Caetano bem mais tranqüila  para enfrentar o Cerro Porteño,  hoje, às 20h20, em Ciudad del  Este, pela terceira rodada da

Por | Edição do dia 05/03/2002 - Matéria atualizada em 05/03/2002 às 00h00

São Caetano do Sul (SP) - As vitórias consecutivas sobre Vasco  e Ponte Preta, pelo Torneio Rio-São Paulo, deixaram a situação do São Caetano bem mais tranqüila  para enfrentar o Cerro Porteño,  hoje, às 20h20, em Ciudad del  Este, pela terceira rodada da Taça Libertadores da América. O São  Caetano, que estreou mal na competição, quando perdeu por 2 a 1 para o Cobreloa, em Calama, no Chile, deu a volta por cima e, na última rodada, goleou o Alianza Lima, do Peru, por 4 a 0. Ocupando a terceira posição no Grupo 1 da Libertadores, com três pontos ganhos, uma nova vitória pode dar a liderança da competição ao time do ABC Paulista. Porém, para buscar estes três pontos, o técnico tem problemas para escalar a equipe. Sem poder contar com o zagueiro Daniel, que seguiu para Cuiabá, com a Seleção Brasileira, o treinador deverá recuar Serginho para a posição e escalar Marlon no meio-campo. Além dele, o atacante Anaílson, recuperado de uma contusão no tornozelo, pode reaparecer no time titular. O problema é que Wagner, que o substituiu nas duas últimas partidas, vem sendo um dos destaques e pode ficar com a vaga. A dúvida deverá persistir até momentos antes do jogo. Reforçado Uma vitória sobre o São Caetano leva o Cerro Porteño à primeira colocação no Grupo 1 da Libertadores da América, pois terá atingido 7 pontos, um a mais que o Cobreloa, do Chile, o atual líder. O técnico Mario Jacquet diz não estar preocupado com o fraco desempenho do time nas últimas rodadas do Campeonato Paraguaio, quando perdeu os dois últimos jogos. Jacquet lembra que a equipe atuou desfalcada de quatro titulares, preservados justamente para a partida desta noite contra o São Caetano. Por conta disso, Virgílio Ferreira, César Ramírez, Juan Daniel Cáceres e Aníbal voltam à equipe. O presidente do Cerro, César Luís Puente, explicou a decisão de tirar a equipe de Assunção para jogar em Ciudad del Este: “Lá, a maioria dos torcedores vai apoiar o nosso time e vai nos dar todo o respaldo. Nesta reta final de primeira fase, o apoio do torcedor é fundamental para nós”, disse o dirigente. Cerro e São Caetano vão jogar no estádio do clube 3 de Fevereiro, em Ciudad del Este, localizada a 390 quilômetros da capital Assunção. Cerro Porteño: Bobadilla; Martínez, Balbuena, Caballero e  Cáceres; Aquino, Pacheco, Fretes  e Virgílio Ferreira; Ramírez e  Francisco Ferreira. São Caetano: Sílvio Luiz; Russo, Serginho, Dininho e Rubens Cardoso; Marlon, Marcos  Senna, Aílton e Adãozinho;  Wágner (Anaílson) e Brandão. Árbitro: Daniel Giménez (ARG).

Mais matérias
desta edição