app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes

Sele��o: Rog�rio Ceni � cortado e Dida convocado

Cuiabá – O goleiro Rogério Ceni foi cortado da Seleção Brasileira que enfrentará a Islândia nesta quinta-feira, em Cuiabá. O goleiro do São Paulo foi examinado na tarde de ontem pelo médico José Luís Runco e foi constatado que ele não tem condições de tre

Por | Edição do dia 05/03/2002 - Matéria atualizada em 05/03/2002 às 00h00

Cuiabá – O goleiro Rogério Ceni foi cortado da Seleção Brasileira que enfrentará a Islândia nesta quinta-feira, em Cuiabá. O goleiro do São Paulo foi examinado na tarde de ontem pelo médico José Luís Runco e foi constatado que ele não tem condições de treinar normalmente. O goleiro Dida, do Corinthians, foi convocado por Luiz Felipe Scolari. Rogério Ceni torceu o tornozelo na vitória da equipe do São Paulo por 4 a 1, sobre o América, no último domingo, pelo Torneio Rio-São Paulo. Era a primeira vez que o técnico Luiz Felipe Scolari convocava o goleiro tricolor para a Seleção Brasileira. Dida já se apresentou na concentração brasileira e participará dos treinos desta terça-feira. O treinador Luiz Felipe Scolari escalou França e Kaká como titulares no primeiro treinamento realizado pela Seleção Brasileira, realizado ontem, no Estádio José Fragelli, em Cuiabá. Em relação ao último jogo, Felipão trocou Edilson por França e colocou Kaká no posto que foi ocupado por Juninho Paulista. A equipe titular treinou com Marcos, Juan, Cris e Anderson Polga; Belletti, Kleberson, Gilberto Silva, Kaká e Paulo César; França e Washington. Quem quiser acompanhar o amistoso entre Brasil e Islândia vai ter que dormir tarde. O horário programado para a partida é 22h45 (horário de Brasília). O horário local é 21h45, por causa da diferença de uma hora no fuso do Mato Grosso. Islândia Quando levar uma goleada pode ser encarado com naturalidade? Bom, para a seleção da Islândia a resposta é simples: quando se enfrenta a seleção brasileira fora de casa. Pois bem, foi com esse espírito despretensioso que a delegação islandesa desembarcou ontem em Cuiabá. Ainda atordoados depois de 35 horas de vôo, tanto jogadores quanto integrantes da comissão técnica abriram mão do tradicional (e desgastado) discurso do “futebol é uma caixinha de surpresas”. Optaram pela clareza e não esconderam que a expectativa de vitória é praticamente nula.

Mais matérias
desta edição