app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Esportes

Gilmar Rinaldi evita ca�a �s bruxas

Os homens fortes do futebol brasileiro se reuniram ontem à tarde, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. A pauta: a precoce eliminação da Seleção na Copa América, diante do Paraguai, nas quartas de final. Com um relatório de tudo que aconteceu no Chile em mão

Por | Edição do dia 01/07/2015 - Matéria atualizada em 01/07/2015 às 00h00

Os homens fortes do futebol brasileiro se reuniram ontem à tarde, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. A pauta: a precoce eliminação da Seleção na Copa América, diante do Paraguai, nas quartas de final. Com um relatório de tudo que aconteceu no Chile em mãos, o coordenador Gilmar Rinaldi e Dunga debateram com o presidente Marco Polo Del Nero. E, para discurso externo, houve um consenso de que serão necessárias maiores cobranças, mas sem fazer caça às bruxas a geração comandada por Neymar. Se o resultado na competição não foi dentro do aceitável, a juventude do grupo convocado serve com atenuante e a necessidade de amadurecimento é urgente. Após duas horas de encontro, Gilmar Rinaldi surgiu sorridente para atender a imprensa. Com a decisão da continuidade de Dunga tomada ainda no Chile, todo processo de preparação esteve em pauta e correções de rumo serão tomadas para que o Brasil não sofra nas eliminatórias para Copa de 2018, que começam em outubro. Antes, dois amistosos serão disputados, provavelmente nos Estados Unidos. Em seu discurso, o coordenador tratou de apontar a derrota como aprendizado e deixou claro que é preciso evoluir.

Mais matérias
desta edição