app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Esportes

A felicidade de ter jogado ao lado do �dolo Alo�sio Chulapa, no Ipanema

Quando deixou o CSA, Washington foi defender o Fernandópolis, do interior de São Paulo, onde ficou por oito meses e disputou a Série B do Campeonato Paulista. “Foi um clube em que tive a honra de atuar ao lado do Maurinho, lateral direito que jogou no San

Por | Edição do dia 12/07/2015 - Matéria atualizada em 12/07/2015 às 00h00

Quando deixou o CSA, Washington foi defender o Fernandópolis, do interior de São Paulo, onde ficou por oito meses e disputou a Série B do Campeonato Paulista. “Foi um clube em que tive a honra de atuar ao lado do Maurinho, lateral direito que jogou no Santos, no Cruzeiro e na Seleção Brasileira”, lembra. Depois do Fernandópolis, ele passou um tempo parado, até ter uma breve passagem pelo Nacional, de Minas Gerais. No final de 2014, voltou a treinar no CSA, fez quatro amistosos com Ênio Oliveira como técnico, mas depois não foi mantido no time. “O Ênio, como jogador, não posso falar, porque foi campeão com o CSA; mas como treinador ele tem o prazer de pegar um garoto que está começando e revelar para o profissional. Foi isso que ele tentou fazer no clube, até a saída dele”, falou o atacante. Washington garante que tinha condições de continuar no Azulão. “Eu, o Alisson (meia) e o Danilo tínhamos plenas condições de ter continuado para ajudar o CSA. Com todo respeito, mas o clube trouxe alguns jogadores este ano que só vieram passear e ganhar dinheiro. O time gastou muito mais e continua na mesma situação, sem brigar por título”. * Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição